Fantasma se porta melhor, mas não consegue mandar para as redes. Roma reclama de pênaltis não marcados

Após forte chuva a tarde em Apucarana, o gramado do estádio Bom Jesus da Lapa ficou completamente encharcado. Com isso, Roma e Operário não conseguiram mexer no placar.

O jogo truncado deu mais chances para o Operário, porém o Fantasma não foi eficiente. A equipe não teve o atacante Mateus, machucado, e jogou com Hevandro e Fábio Buda.

O goleiro Ivan também teve que intervir em pelo menos três ocasiões. Mais uma vez o atleta foi fundamental para manter o zero no placar. Porém, os jogadores do Roma reclamam que o árbitro, Jarbe Cassou, também contribuiu.

A equipe de Apucarana acredita que dois pênaltis não foram marcados. Com o empate, o Operário garante, ao menos, a sexta colocação até próxima rodada. A sétima participação do Fantasma no Paranaense 2011 acontece no sábado, às 19h30, no Germano Kruger, contra o Paranavaí.

Por Emmanuel Fornazari (Net Esporte Clube – 2/2/2011).

Os comentários estão encerrados.