Titular nas duas primeiras partidas, o meio-campista não foi nem relacionado para o último hoje. Jogador já atuou em três posições e busca adaptação

Após ser bem aproveitado no Corinthians-PR, no campeonato estadual, o meio-campista Cícero despertou interesse e foi contratado pelo Operário para reforçar a equipe na Série D do Brasileiro.

O jogador começou os treinamentos e disputou duas partidas da competição nacional como titular, porém, no último jogo, contra o Cerâmica, não chegou nem a ser relacionado.

“Foi apenas uma opção tática. O Cícero terá outras oportunidades. O jogador faz parte dos nossos planos”, esclarece o técnico, Amilton Oliveira.

Já o atleta acredita que precisa melhorar o posicionamento para conseguir atender os pedidos do treinador. “Tenho que me aproximar mais ao ataque, finalizar mais ao gol. Minhas características são essas, de um volante que chega bem ao ataque, que facilita a vida dos atacantes”, pontua, Cícero.

O jogador lamenta as adversidades encontradas nas duas primeiras partidas da Série D, quando o Mirassol segurou o Operário no campo defensivo e no jogo contra o Cene, em que teve “que dar mais contenção a defesa e sem poder chegar tanto ao ataque”.

Cícero traça também o seu perfil de jogo. “No Corinthians-PR jogávamos com três volantes, então fazia esta função de terceiro homem de meio de campo. Me senti bem. Fiz bastante jogos bons, mas acredito ter condição de fazer qualquer função no meio”, finaliza.

Já o técnico, Amilton Oliveira, conta que o jogador disse que se sentia bem jogando como segundo e não terceiro volante. “Conversou comigo, com o Jair, deixamos bem claro. Me causa estranheza esta declaração”.

Confira declarações de Cícero em áudio

Ouça a explicação de Amilton Oliveira para a saída de Cicero da equipe

Por Emmanuel Fornazari (Net Esporte Clube – 5/8/2011).

Os comentários estão encerrados.