O posto de melhor equipe do interior ao fim do primeiro turno do Campeonato Paranaense não assegura nada, ou pouca coisa, além do status e um eventual embalo para a segunda metade do Estadual. Ainda que seja meramente simbólico, o título de ‘campeão do interior no primeiro turno’ está bem perto do Operário, e esta proximidade foi bastante festejada no último domingo.

Além de enfim conseguir vencer em casa, ao bater o Iraty, de virada, por 2 a 1, o time ponta-grossense assumiu a vice-liderança do Paranaense e abriu dois pontos de vantagem para a segunda melhor equipe não-curitibana na competição. O título de ‘campeão do interior’, que vale uma vaga na Copa do Brasil do ano que vem e duas na Série D nacional deste será definida a partir da classificação final do campeonato. Ainda que encerre no posto de melhor do interior no primeiro turno, o alvinegro ainda terá de administrar esta vantagem no segundo turno do Estadual.

Foto: ENFIM Com gol de Ícaro, Operário, enfim, conseguiu vencer em casa, pela segunda vez em cinco jogos

ENFIM Com gol de Ícaro, Operário, enfim, conseguiu vencer em casa, pela segunda vez em cinco jogos

De olho nesse embalo que enfim parece ter sido mantido no Estadual, o Operário quer a partir de agora, se firmar na competição, principalmente após uma vitória de virada em um clássico, diante um rival que nos últimos encontros vinha sendo o carrasco alvinegro. “Vamos continuar treinando, tivemos alguns erros. Mas foi bom (vencer em casa), acho que essa vai ser a nossa cara nesse campeonato. O mérito é todo dos atletas e agora a gente espera manter essa ascensão e até mesmo brigar pela ponta”, disse Amilton Oliveira após a vitória em casa, apenas a segunda em cinco jogos no Germano Krüger este ano.

A expectativa agora gira sobre a tão esperada firmação diante seu torcedor, já que no próximo domingo o alvinegro volta a atuar em casa, diante o Corinthians-PR, encerrando o primeiro turno.

“Estávamos devendo em casa, jogamos contra uma equipe muito difícil, e agora é fazer prevalecer esse domínio. Temos um grupo muito competitivo, tem a volta do Ceará, do Mateus. É isso que a gente quer, um grupo competitivo. A equipe está se encaixando, a gente está buscando o melhor, quer ganhar mais, convencer mais, não só o torcedor, mas a nós mesmo”, pregou o treinador.

Para a partida do próximo domingo, Amilton não poderá contar com a dupla de zaga, João Paulo e Vinícius, que receberam o terceiro amarelo. Alisson e André, deverão ser substitutos.

Coxa assiste ao 2º turno
Com o título do primeiro assegurado após vencer o Atlético por 4 a 2, o Coritiba agora terá mais tranquilidade no segundo turno. Com o primeiro lugar assegurado, o alviverde entrará na segunda metade do Paranaense com a tranquilidade de quem já tem seu lugar assegurado na decisão do Estadual.

Adversário do Operário no dia 6 de março, na abertura do segundo turno, o Coritiba deve se dedicar mais à Copa do Brasil, torneio em que volta a atuar na quinta-feira, quando recebe o Ypiranga, do Rio Grande do Sul.

Enquanto concentra seu esforço no torneio nacional, o Coritiba deve assistir de camarote à tentativa de seu arquirrival brigar pelo segundo turno. Após a derrota no clássico, o Atlético-PR anunciou ontem a contratação de Geninho, que volta a ser treinador do rubro-negro. Responsável pelo comando do Atlético-PR em sua maior conquista – o título do Brasileiro de 2001 –, Geninho fará sua terceira passagem pelo clube curitibano.

Por Jeferson Augusto (Diário dos Campos – 22/2/2011).

Os comentários estão encerrados.