O Operário Ferroviário realizou ontem o treinamento coletivo para definir o time que deve enfrentar o Atlético-PR amanhã, na Arena da Baixada, em Curitiba. A definição deve sair hoje, após o treino. Dois jogadores, Mateus e Ícaro, ainda são dúvidas por causa de lesões. Grilo, que estava suspenso, retorna ao time e Zé Leandro deve jogar na lateral esquerda. O resultado do confronto entre Operário e Atlético pode definir quem deve enfrentar o Coritiba na final. “É um jogo decisivo para a equipe que vem fazendo um bom trabalho no campeonato”, comenta o técnico Amilton Oliveira. A equipe viaja esta tarde para a capital.

Foto: COLETIVO A equipe acredita na manutenção da boa fase no Campeonato Paranaense

COLETIVO A equipe acredita na manutenção da boa fase no Campeonato Paranaense

Para ele, a equipe está preparada para enfrentar o Atlético-PR. “O jogo tem um apelo legal já que é decisiva e contra uma equipe de destaque. O Operário vem fazendo um bom trabalho fora de casa e esperamos trazer a vitória para Ponta Grossa”, fala. Segundo ele, o Atlético não apresentou um bom jogo na última quarta-feira, mas deve ser respeitado. “É uma equipe forte e que foi vitoriosa”, diz. Para o técnico, a possibilidade de decidir o campeonatocom o rival Coritibadeve ser o maior motivador do adversário do Operário. “Nossos jogadores já jogaram na capital, já jogaram contra o próprio Atlético, o Coritiba. O nervosismo não deve atrapalhar”, fala.

O meio-atacante Ceará considera que a partida é importante por dois aspectos, por decidir o campeonato e para a carreira dos jogadores. “Vamos entrar focados.

Sabemos que temos potencial para jogar de igual para igual”, diz. Serginho Paulista, volante, também acredita na boa apresentação da equipe na capital. “O Operário está numa boa fase. O intuito é fazer o possível para manter a regularidade e disputar a final contra o Coritiba”, fala.

Grilo, que retorna depois de cumprir suspensão, diz que a expectativa é grande para encontrar um grande jogo. “O time deve aproveitar que vem fazendo boa campanha fora de casa e trazer os três pontos para o clube. Mas é um jogo decisivo”, comenta. Segundo ele, o time deverá jogar mais focado, dificultando o jogo do adversário.

Para o capitão Lisa, a boa campanha realizada pelo Fantasma é resultado do trabalho do técnico Amilton. “Além do trabalho técnico, ele conscientizou a equipe de que temos condições de jogar de igual para igual na busca do título”, fala. Sobre o jogo, o capitão diz que a expectativa é a melhor possível. “É um jogo chave e se vencermos, damos um passo importante para a conquista do título já que os três pontos nos aproximam do líder”, comenta. Ele ressalta ainda o trabalho conjunto dos jogadores. “Com a repetição das escalações, ganhamos um ritmo melhor de jogo e, consequentemente, bons resultados para a equipe”, fala.

Por Paula Schamne (Diário dos Campos – 18/3/2011).

Os comentários estão encerrados.