Treinador confirma que terá time com mais pegada para buscar a vitória contra o Joinville, a partir das 16 horas de domingo; ingressos custam de R$ 20 a R$ 50

O treinador Pedro Caçapa fez ontem o último treino coletivo antes da partida contra o Joinville, no domingo, pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série D. A meta foi aproveitar os trabalhos durante a semana pós-estreia para acertar os erros cometidos contra o São José e sair com a vitória do Estádio Germano Krüger. E a receita para que isso aconteça é apostar na velocidade e maior movimentação dos atletas.

“A semana foi muito boa mesmo, foi proveitosa para trabalhar com os jogadores. Pudemos trabalhar a parte coletiva que é a mais importante e também jogadas de bola parada, que podem decidir um jogo. O time se movimentou bem e apostamos na velocidade. Queremos um time com mais pegada e também um melhor aproveitamento”, analisa o comandante do alvinegro.

Foto: Jogadores aproveitaram a semana para treinar também jogadas de bola parada

E não será a pressão fora de campo – com a expectativa de que a torcida esteja presente em grande número – que vai atrapalhar o desempenho dos atletas. Com um clima de bastante tranquilidade, todos demonstram estar confiantes em apresentar um bom futebol que consequentemente pode garantir a primeira vitória no Campeonato Brasileiro. “Fizemos dois amistosos importantes contra equipes de porte como o Paraná Clube e o Iraty para que os jogadores tirassem aquele peso de jogar uma partida pela primeira vez em casa. Agora é pelo campeonato e passada a estreia no Rio Grande do Sul todos estão em clima de competição e bastante confiantes”, finaliza Caçapa.

e-Mais
Após o treino coletivo de ontem, o treinador do Operário confirmou o time que vai a campo amanhã contra o Joinville. E será o mesmo que já tinha anunciado. O goleiro titular segue sendo Ivan. Na direita vem Cassiano, com Rodrigo De Lazzari e Leonardo na zaga. Gilson vai pela lateral esquerda. O meio é que terá as principais mudanças. Zé Leandro vai aparecer entre os titulares (entrará no lugar do atacante Eduardo Rato) ao lado de Diego Zanutto, Cambará e Rilber. O ataque terá o deslocamento de Danielzinho mais para frente – ele que atuou como meia na estreia e agora jogará mais avançado com a meta de garantir mais movimentação – e Edenilson.

Por Alexandre Costa (JMNews – 24/07/2010).

Os comentários estão encerrados.