Treinador quer mesma pegada do time contra o rebaixado Nacional de Rolândia; meta é vencer e garantir a classificação para a segunda fase do Campeonato Paranaense

Com a vitória nos últimos dois jogos, o técnico Caçapa quer a mesma pegada dos jogadores para o jogo contra o Nacional em Rolândia e assim o time mantenha o embalo no campeonato. Mais um resultado positivo deixa o Fantasma classificado para a segunda fase e ainda com a possibilidade de ter vantagem de jogar algumas partidas em Ponta Grossa.

No treinamento de ontem, no Estádio Germano Krüger, o time em campo não veio com grandes novidades. Com as ausências já confirmadas de Gilson e Rafael Leandro, o lateral esquerdo Digão e o atacante Clênio reaparecem entre os titulares. O goleiro titular segue sendo Felipe. Lisa, na direita, é o dono da camisa dois tendo agora como companheiro Digão. Leonardo e Rodrigo De Lazzari fecham a zaga. No meio, Caçapa mantém Dario, Serginho Paulista, Serginho Catarinense e Ceará. O ataque terá Baiano e o experiente Clênio. “No coletivo, o time se movimentou bem. O Serginho Catarinense e o Ceará se acertaram bem e o time está mantendo um bom ritmo. É seguir assim para embalar. Quero que eles repitam a atuação que tivemos nos últimos dois jogos, mas sempre com uma pegada a mais”, analisa o treinador.

No banco de reservas, Caçapa vai levar para Rolândia Osmar, Cassiano, João Renato, Lucas, Marcelinho, Dyego Souza e Daniel Lemos, que teve sua situação regularizada.

Com relação ao adversário que está rebaixado, técnico e jogadores dizem que a situação na tabela não pode servir de justificativa para um relaxamento. “Temos só de pensar em jogar futebol e ter tranquilidade. Entrar com vontade que a gente sai com a vitória”, diz Caçapa. Já o lateral Lisa enfatizou que o grupo está confiante e motivado. “Esses resultados positivos nos devolveram a autoestima e por isso vamos em busca da vitória”, finaliza o jogador.

Patrocinador lança desafio para jogadores
O Grupo MM Mercado Móveis, patrocinador master do Fantasma, lançou um desafio aos jogadores da equipe ponta-grossense. Márcio Pauliki, superintendente do grupo, recebeu o jogador Clênio e integrantes da diretoria do Operário para a entrega da TV 32″. O atleta recebeu o prêmio por ser considerado o destaque na partida contra o Serrano.

Como forma de incentivo a equipe, Pauliki desafiou os atletas e na partida de domingo, contra o Nacional. A cada gol marcado, a empresa dará uma TV 20″ LCD. O prêmio ou os prêmios serão sorteados entre o grupo. A aposta só é paga em caso de vitória.

“Acho que além de patrocinar a equipe devemos incentivar os jogadores, juntamente com a torcida para fazermos a diferença na competição e promover Ponta Grossa”, enfatizou o superintendente.
Para o supervisor Tico, esse é mais um incentivo para os jogadores buscarem os resultados. “Isso é legal porque motiva a rapaziada. Além disso, o clube dá toda a condição necessária e mantém os salários rigorosamente em dia”.

EMAiS
Com relação às contratações, o grupo gestor confirmou as negociações serão oficializadas apenas depois da vaga na segunda fase estar garantida oficialmente. Virão um goleiro e ainda um segundo volante, que provavelmente será Doriva. O jogador que se destacou no Roma de Apucarana já tinha acertado com o Operário no começo do campeonato, mas recebeu uma proposta melhor do futebol gaúcho. O prazo para a inscrição de atletas termina na terça-feira, um dia antes do começo das finais do Estadual.

Por Alexandre Costa (JMNews – 20/03/2010).

Os comentários estão encerrados.