De um primeiro tempo primoroso a um segundo tempo sufocante. A primeira partida do Operário na Série D do Campeonato Brasileiro foi de vitória para o Operário, de forma suada, por 1 a 0, sobre o Joinville.

O time da casa imprimiu um início de jogo em ritmo alucinante. Aos quinze minutos já computava um gol e duas bolas na trave, com Diego Zanuto, de falta, e Cassiano.

Com um meio de campo mais recheado, com Zé Leandro, Zanuto, Cambará, Rilber e Danielzinho, e tendo Edenílson mais isolado na frente. Com a marcação adiantada ao campo do adversário, não demorou para o Operário marcar o primeiro gol. Após cruzamento de Gilson, Edenílson, de cabeça, abriu o placar aos 15 minutos.

Foto: TRÊS PONTOS Operário supreou o Joinville e obteve a primeira vitória na Série D

O alvinegro seguiu impondo um ritmo forte de durante boa parte do primeiro tempo, e só foi incomodado nos minutos finais, quando o Joinville ensaiou uma pressão.

Na volta do intervalo, Rilber, sentindo dores, deu lugar para Péricles. A equipe sentiu a mudança, e os visitantes passaram a se impor e dominar a partida. Na tentativa de dar mais mobilidade à equipe, Caçapa fez uma segunda alteração, com Danielzinho saindo e Tardeli entrando, e com isso, o Operário passava a atuar com dois atacantes. A mudança não surtiu efeito, e o time catarinense reforçou a pressão em busca do empate.

Ao alvinegro, coube se defender e o técnico Caçapa reforçou ainda mais a retaguarda. Faltando pouco menos de dez minutos para o fim da partida, o técnico do Operário trocou um atacante por um zagueiro. Fabiano entrou no lugar do autor do gol Edenílson.

A pressão se intensificou, sobretudo nos minutos finais mas a equipe da casa conseguiu segurar o resultado e somou seus primeiros três pontos na Série D do Brasileiro.

O próximo compromisso do Operário será no domingo, diante o Oeste, de Itápolis, fora de casa. Entretanto, a data partida pode ser adiantada a pedido da equipe paulista.

Por Jeferson Augusto (DCMais – 27/07/2010).

Os comentários estão encerrados.