O Operário fará no sábado o quinto jogo no Germano Krüger pela Série D do Campeonato Brasileiro. Apesar de não ter o mesmo caráter decisivo das duas últimas partidas (contra Oeste e Metropolitano, que definiriam a sobrevivência da equipe na competição nacional), a expectativa é de que o público, enfim, compareça em número significativo em Vila Oficinas neste segundo semestre.

Em quatro jogos realizados em casa pelo Campeonato Brasileiro, o alvinegro não conseguiu atrair mais do que doze mil pessoas, representando uma média de 3007 espectadores por partida. Números pouco expressivos se comparados aos públicos registrados no Paranaense deste ano, quando a média de público já registrava queda em relação ao ano passado.

Foto: CASA CHEIA Operário espera ter primeiro grande público na Série D no Germano Krüger

CASA CHEIA Operário espera ter primeiro grande público na Série D no Germano Krüger

O maior público registrado no estádio do clube alvinegro durante a campanha na Série D foi justamente na última partida que fez em casa, quando 3436 pagantes assistiram à vitória por 1 a 0 sobre o Metropolitano.

A expectativa agora é por um público maior, já que o clube engrenou na competição, vem de bons resultados em uma campanha que parece ter deslanchado na fase decisiva. Pesa contra o fato de o jogo ser em um horário diferenciado (sábado às 16 horas, por conta das eleições) e a partida não ser crucial para o alvinegro. Por conta do regulamento, mesmo que venha a perder, por qualquer que seja o placar, o time ponta-grossense seguirá vivo na briga pelo acesso à Série C do Brasileiro.

Um bom público no sábado também significa um acréscimo nas contas do clube. Até agora, foram arrecadados R$ 182.570 (média de R$ 45.642,50 por partida) nos quatro compromissos. Descontados os pagamentos de taxas, a receita líquida das partidas gerou R$ 135660,09 aos cofres do Operário.

Ainda que diretoria do clube ponta-grossense afirme que o montante levantado nas bilheterias não seja suficiente para manter o planejamento para a quarta divisão nacional, um acréscimo no borderô ajudaria nas finanças da equipe.

Os ingressos para o confronto contra o Joinville deverão ser colocados à venda na sexta-feira, e os valores são de R$20, para arquibancada, e R$ 50 para arquibancada coberta.

Por Jeferson Augusto (DCMais – 30/09/2010).

Os comentários estão encerrados.