O Operário deve mudar para o primeiro dos dois jogos mais importantes do clube este ano. Para a partida de ida das quartas de final da Série D do Campeonato Brasileiro, que acontece no domingo, no Germano Krüger, o alvinegro deve ter alterações no ataque.

O técnico Pedro Caçapa ensaiou mudar o setor ofensivo do Operário. Durante a tarde de ontem Caçapa comandou um treino, em um campo com dimensões menores, onde esboçou o time titular para a partida de domingo.

Além dos retornos de Ivan, Fabiano, Cassiano e Rogerinho, ausentes da derrota para o Joinville no último domingo, o time ponta-grossense deverá ter seu artilheiro na competição entre os titulares. Edenílson, que marcou três vezes com a camisa alvinegra na Série D, deve voltar a ser titular contra o Madureira. Desde o fim da primeira fase da competição nacional, Edenílson foi relegado à reserva, dando lugar a Ícaro, um dos reforços que vieram para a sequência do campeonato.

Foto: RETORNO Artilheiro do Operário na Série D, Edenílson deve voltar ganhar oportunidade entre os titulares no domingo

RETORNO Artilheiro do Operário na Série D, Edenílson deve voltar ganhar oportunidade entre os titulares no domingo

Com a mudança, o ataque alvinegro seria formado por Baiano e Edenílson, e os demais setores devem ter formações idênticas que apresentaram no segundo jogo contra o Metropolitano e na primeira partida diante o Joinville. Se seguir a tendência apontada no treino de ontem, Caçapa deve levar a campo o Operário com Ivan, Leonardo, De Lazzari e Fabiano; Cassiano, Diego Zanuto, Cambará, Edson Grilo e Rogerinho; Baiano e Edenílson. Caçapa ainda deve comandar pelo menos dois treinos antes do duelo de domingo. O último coletivo deve ser realizado na tarde de amanhã.

O encontro entre Operário e Madureira definirá um dos quatro times que irão para a Série C. Se vencer em casa e segurar um empate na volta, o alvinegro garante o acesso à terceira divisão nacional. A partida de volta será no dia 10, no Rio de Janeiro.

O confronto contra o Madureira no Germano Krüger terá a arbitragem de Luiz Flávio de Oliveira, sendo auxiliado por Anderson José de Moraes Coelho e Vivente Romano Neto, todos, de São Paulo.

Os ingressos para o jogo decisivo do Operário devem começar a ser vendidos ainda hoje. A diretoria irá colocar a carga máxima de ingressos, oito mil bilhetes. Os pontos de venda serão Lojão do Keima, Farmácia Fleming, de Oficinas, e quiosque do Operário no Shopping Palladium. Os valores dos ingressos permanecem os mesmos: R$20 para arquibancada, e R$ 50 para arquibancada coberta.

Por Jeferson Augusto (DCMais – 7/10/2010).

Uma resposta a DCMais: Caçapa ensaia mudança ofensiva para domingo

  • Sandrão - JOINVILLE disse:

    Ééééé meus camaradas paranaenses…

    Se passarem pelo Madureira e nós aqui de Joinville passarmos pelo américa de manaus… nos encontraremos MAIS UMA VEZ … só que daí na semifinal do campeonato.

    É fantasma demais pra minha cabeça… hahahahahahahaha

    Espero sinceramente que tenham sucesso, afinal, vocês demonstraram ter um time bastante capacitado.

    E se os Deuses do futebol assim quiserem, nos encontramos de novo logo adiante!

    Abraços dos Joinvillenses!!!!