Após empatar fora de casa, alvinegro precisa somar pontos em casa para conseguir classificação para 2ª fase da Série D do Brasileiro

Após somar seu primeiro ponto como visitante na Série D do Campeonato Brasileiro, o Operário Ferroviário agora volta suas atenções para sua própria casa. O Germano Krüger volta a receber o clube no domingo, quando a equipe recebe o Oeste, pela abertura do segundo turno da primeira fase.

O confronto contra a equipe de Itápolis é a ?volta? do confronto direto entre as duas equipes. No último sábado as duas equipes ficaram no empate em 0 a 0 no Estádio dos Amaros, e com isso a partida do próximo domingo ganha mais contornos de “decisão”.

Foto: POUCOS GOLS Operário tem um dos ataques menos eficientes da Série D nacional, com apenas um gol marcado por Edenílson

Os compromissos diante a torcida, inclusive, podem ser o diferencial no grupo A9, que segue sendo o mais equilibrado da quarta divisão nacional. Os quatro integrantes da chave têm o mesmo número de pontos, e a classificação é definida no número de gols marcados. Com apenas um gol anotado, o Operário ocupa a última colocação da chave, entretanto, o Joinville, líder do grupo balançou a rede três vezes. O ataque da equipe de Vila Oficinas, inclusive, é um dos menos produtivos da Série D. É superado apenas pelo Marcílio Dias, de Santa Catarina, que ainda não balançou as redes na competição, e iguala ao Santa Cruz, de Pernambuco, que também anotou apenas uma vez no Nacional. Curiosamente, a “Coral” e o “Fantasma” também têm o mesmo número de gols sofridos, apenas um, e se mantêm como melhor defesa da competição.

Joinville e Operário despontam na tabela como virtuais beneficiados, já que terão dois dos três próximos jogos em casa. Além da partida de domingo, o time ponta-grossense fará a última partida da primeira fase no Germano Krüger, contra o São José, no dia 22.

Para a partida contra o Oeste, Caçapa não deverá poder contar com Gilson. O lateral esquerdo foi substituído ainda no primeiro tempo no empate em Itápolis, com uma lesão no ombro e vira dúvida para o fim de semana.

Em contrapartida, o treinador espera pelo retorno de Rilber e também de Dario, ambos se recuperando de lesão e peças importantes do meio de campo alvinegro. Já o adversário terá pelo menos um desfalque certo: Paulo Miranda, expulso no último sábado terá de cumprir suspensão.

Por Jeferson Augusto (DCMais – 3/08/2010).

Os comentários estão encerrados.