Operário Ferroviário

O Operário Ferroviário volta a campo pela Taça FPF Sub-23 nesta quarta-feira (20) contra o Rio Branco, às 20h15, no Estádio Germano Krüger, buscando confirmar a classificação para a próxima fase da Taça Federação Paranaense de Futebol (FPF) Sub-23 em condições de jogar o mata-mata em casa. O campeonato serve principalmente como laboratório, tendo em vista a temporada 2018, onde o Fantasma vai jogar a Série C do Brasileirão, além da Divisão de Acesso no Paranaense.

Na sétima rodada, domingo passado, o Alvinegro perdeu para o Iraty, no Estádio Coronel Emílio Gomes por 2 a 1. Após a partida, o técnico Joel Preisner avaliou o desempenho da equipe e espera vencer os jogos que faltam para alcançar o objetivo. “Fizemos um primeiro tempo razoável, criamos pelo menos duas oportunidades e marcamos um gol. No segundo tempo, caímos bastante. A nossa atitude foi totalmente diferente. Marcamos longe, demos espaço para o Iraty crescer e acabamos perdendo a partida. Mas agora vamos trabalhar para vencer os dois jogos em casa”. Lembrando que classificam oito para a fase decisiva da competição. Os quatro primeiros decidem a fase eliminatória em casa.

Equipe
Na partida contra o Iraty, o Fantasma entrou em campo desfalcado e iniciou o jogo com Ravel, Thalles, Lucão, Alex, Wembley, Alexandre, Fred Saraiva, Murilo, Glenisson, Cristian e Vandinho. Na segunda etapa, entraram Pedrão e Juninho para saída de Lucão e Alexandre.

Da Redação (Diário dos Campos – 19/09/2017)

O Operário Ferroviário perdeu para o Iraty, na manhã deste domingo (17), pela sétima rodada da Taça Federação Paranaense de Futebol (FPF) Sub-23. O jogo aconteceu no Estádio Coronel Emílio Gomes e terminou 2 a 1.

O Fantasma abriu o placar aos 23 minutos do primeiro tempo, quando Glenisson chutou de fora da área e a bola passou por baixo das pernas do goleiro Marcos Gato. A virada do time da casa veio na segunda etapa.

Aos 9 minutos, após cobrança de escanteio, Sávio deixou tudo igual. Oito minutos depois, o goleiro Ravel também falhou e Batista aproveitou a oportunidade. O alvinegro ainda tentou buscar o empate, mas ficou com um a menos pouco antes do fim da partida, quando Fred Saraiva foi expulso.

O Operário iniciou o jogo com Ravel, Thalles, Lucão, Alex, Wembley, Alexandre, Fred Saraiva, Murilo, Glenisson, Cristian e Vandinho. Na segunda etapa, entraram Pedrão e Juninho para saída de Lucão e Alexandre.

Em entrevista, o técnico Joel Preisner avaliou o desempenho da equipe. “Fizemos um primeiro tempo razoável, criamos pelo menos duas oportunidades e marcamos um gol. No segundo tempo, caímos bastante. A nossa atitude foi totalmente diferente. Marcamos longe, demos espaço para o Iraty crescer e acabamos perdendo a partida. Mas agora vamos trabalhar para vencer os dois jogos em casa”.

O alvinegro volta a campo pela Taça FPF Sub-23 na quarta-feira (20) contra o Rio Branco, às 20h15, no Estádio Germano Krüger.

Das Assessorias (Diário dos Campos – 18/09/2017)

Fantasma chegou a abrir o placar no Estádio Coronel Emílio Gomes, em Irati, mas sofreu a virada e saiu com a derrota.

O Operário Ferroviário não conseguiu segurar o placar jogando fora de casa e perdeu para o Iraty de virada, por 2 a 1, pela 7ª rodada da Taça FPF. A partida da competição sub-23 aconteceu no Estádio Coronel Emílio Gomes, em Irati, durante a manhã de domingo (17). O resultado manteve o Fantasma na 8ª colocação do campeonato, com sete pontos. Já o Iraty chegou aos 12 pontos e subiu para a 4ª posição.

A partida começou movimentada e com chances para as duas equipes. Aos 23 minutos, Glenisson chutou de longe e viu o goleiro do Iraty falhar para abrir o placar para o Operário. A equipe de Ponta Grossa tentou se segurar defensivamente, mas levou a virada. Sávio empatou aos nove minutos da segunda etapa e Batista aos 17.

O próximo desafio do Fantasma é contra o Rio Branco, na quarta-feira (20), no Estádio Germano Krüger. A partida está marcada para as 20h15.

Da Redação (aRede – 17/09/2017)