Operário Ferroviário

O Operário Ferroviário confirmou na manhã desta sexta-feira que irá realizar um jogo-treino contra o Trieste neste sábado (29), às 17h30, no Estádio Germano Krüger, com entrada livre. Esta será uma forma de manter o ritmo de jogo dos atletas, já que na noite da última quinta-feira, o tapetão do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) decidiu manter suspensa as rodadas do Grupo 1 da Divisão de Acesso do Campeonato Paranaense e o Operário Ferroviário continua na expectativa de quando vai entrar em campo pela segunda fase da competição. Neste grupo, além do Fantasma, estão a Portuguesa Londrinense, Iraty e União Beltrão.

Da Redação (Diário dos Campos – 28/04/2017)

Ainda não foi dessa vez. Na noite da última quinta-feira, o tapetão do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) decidiu manter suspensa as rodadas do Grupo 1 da Divisão de Acesso do Campeonato Paranaense e o Operário Ferroviário continua na expectativa de quando vai entrar em campo pela segunda fase da competição. Neste grupo, além do Fantasma, estão a Portuguesa Londrinense, Iraty e União Beltrão.

Desta forma o Operário Ferroviário irá realizar um jogo-treino contra o Trieste neste sábado (29), às 17h30, no Estádio Germano Krüger, com entrada livre.

Todo o impasse segue porque o Grêmio Maringá deve recorrer às últimas estâncias para tentar ganhar a ação contra a Portuguesa Londrinense, em decorrência de ter relacionado jogador irregular e que já foi absolvida no primeiro julgamento. A novela tem mais um capítulo na próxima quinta-feira, quando será analisado recurso da Procuradoria e do Grêmio Maringá. A situação vem prejudicando muito a equipe de Vila Oficinas, uma vez que todo o planejamento vem sendo alterado. Além disso, tem o calendário cada vez mais exprimido, já que além do certame paranaense, o Fantasma estreia na Série D do Campeonato Brasileiro no próximo dia 21 de maio.

De acordo com Rodrigo Stautchuck, do departamento jurídico do Fantasma, o clube alvinegro está habilitado como interessado em entrar com uma ação em favor da continuidade do campeonato. “O objetivo é que prossiga o campeonato, nem que seja somente com o Operário, Iraty e União Beltrão. O que não pode é ficar tudo parado”, disse Stautchuck.

Paranaense Sub-19
Enquanto isso, o Operário Ferroviário vem treinando forte para a estreia no Campeonato Paranaense Sub-19, no dia 20 de maio contra o Iraty, no Estádio Coronel Emílio Gomes, às 15h30. Além do Fantasma e do Iraty, também estão no Grupo A, o Batel, Cascavel e Campo Mourão. No Grupo B estão Arapongas, Grêmio Maringá, Londrina, Nova Fátima, Portuguesa Londrinense, Paranavaí e Apucarana.

Dos atletas que treinam junto com o time profissional do Alvinegro de Vila Oficinas, estão o goleiro Fabrício, o volante Thalles, o meia Juninho e o atacante João Vitor, que irão compor a equipe na competição.

Da Redação (Diário dos Campos – 28/04/2017)

Dono da melhor campanha na primeira fase da Divisão de Acesso do Campeonato Paranaense 2017, o Operário Ferroviário acabou sendo prejudicado pelo chamado tapetão, tendo em vista o planejamento que vinha sendo seguido pela comissão técnica e diretoria em relação aos compromissos da temporada. Além da disputa pelo retorno à elite paranaense, o Fantasma também está de olho na Série D do Brasileirão, que começa dia 21 de maio.

O tapetão que paralisou os jogos do Grupo 1, em decorrência da ação promovida pelo Grêmio Maringá contra a Portuguesa Londrinense, junto a TJD, apontando jogador irregular, dificultou os planos do técnico Gerson Gusmão, inclusive em relação a vinda de novos reforços. “Com certeza atrapalhou todo o nosso planejamento. A ideia era aproveitar o meia da semana, entre os jogos do paranaense, para adaptar os jogadores que estão chegando ao clube, em partidas amistosas que até já havíamos agendado. Agora temos que alterar a programação”, explicou o técnico alvinegro.

Este é o caso do meia Athos, que já estava treinado no clube desde a semana passada e que foi apresentado oficialmente na última quarta-feira. O jogador não pode mais ser inscrito no Estadual e treina com foco na Série D. “Essas coisas acontecem e agora temos que trabalhar de outra forma e com o tempo mais curto. O ponto positivo é que o time já tem uma boa base e isso facilita mais o entrosamento”, avaliou o experiente jogador.

Contratações
O clube alvinegro espera contratar pelo menos mais quatro jogadores dentro dos próximos dias. Com a lesão do zagueiro Sosa, que sofreu fratura no rosto e deve ficar um bom tempo afastado dos jogos, a contratação de um novo jogador para a posição se tornou quase obrigatória.

Da Redação (Diário dos Campos – 28/04/2017)