FutebolParanaense.net

O Operário Ferroviário Esporte Clube completa neste dia 1 de maio o primeiro centenário. O clube de Ponta Grossa é o segundo mais velho do estado ficando atrás do Coritiba que foi fundado em 1909. Os dois times fizeram a primeira partida de futebol no estado do Paraná em 1910, o Fantasma ainda era apenas uma agremiação dos trabalhadores da Rede Ferroviária.

Historicamente ficou definida a data de fundação do clube como 1º de maio de 1912, mas não existe nenhum registro oficial. No dia 7 de abril de 1913, o jornal Diário dos Campos trouxe a seguinte matéria em sua primeira página: “Temos a honra de levar ao vosso conhecimento que hoje, em Vila Oficinas, com grande número de pessoas propensas a fundação de uma Sociedade esportiva de FootBall, em sessão ordinária foi eleita a primeira diretoria desta associação denominada de Foot Ball Clube Operário Pontagrossense, que deverá reger os destinos do mesmo durante o primeiro ano de sua fundação.”

O nome Operário Ferroviário Esporte Clube, como é conhecido hoje em dia, surgiu da fusão entre o Operário Sport Club e o Club Atlético Ferroviário, que era o grêmio dos funcionários da Rede Ferroviária. Na reunião realizada em 15 de maio de 1933 presidida por Luiz Guimarães, ficou decidido as cores preta e branca e o nome atual. Os anos 50 representaram o início do profissionalismo de fato para o futebol pontagrossense. Nessa década o time passou a ser conhecido como “Fantasma da Vila”, por assombrar os grandes clubes da Capital.

Hoje em dia o Fantasma possui as seguintes torcidas organizadas que fazem um grande espetáculo nos jogos alvinegros: Torcida Trem Fantasma, Torcida Fúria Jovem e Torcida Fúria Feminina.

Conquistas
* Aclamado Campeão Ponta-grossense pela invencibilidade em todo o ano – 1914
* Campeão da Segunda Divisão da Liga Sportiva Paranaense – 1916
* Bi campeão invicto da Taça Abraham Glasser – 1918/1919
* Na época do amadorismo: Campeão da Liga Regional Ponta-grossense 23 vezes em 32 campeonatos disputados
* Campeão do Interior do Torneio Estadual do Centenário da Independência do Brasil – 1922
* Vice campeão Paranaense do Torneio Estadual do Centenário da Independência do Brasil – 1922
* Campeão do Torneio Início do Interior – 1956
* Campeão do Torneio Início Profissional da Federação Paranaense de Futebol – 1927 e 1956
* Campeão do Torneio Profissional Quadrangular do Interior – 1956
* Campeão do Torneio Quadrangular Barros Júnior – 1964
* Campeão da Taça Sul – Torneio Incentivo – 1975
* Campeão do Torneio da Amizade – 1980
* Campeão da Segunda Divisão Paranaense – 1969
* Campeão do Interior do Paraná em 1923, 1924, 1925, 1926, 1929, 1930, 1932, 1934, 1936, 1937, 1938, 1940, 1947, 1958, 1990 e 1991
* Vice campeão Paranaense em 1923, 1924, 1925, 1926, 1929, 1930, 1932, 1934, 1936, 1937, 1938, 1940, 1958, 1961
* Campeão Paranaense da Zona Sul – 1961

Campanhas em competições nacionais
* Torneio Interclubes dos Campeões Sul-Brasileiros 1962 – 5° lugar
* Campeonato Brasileiro – Copa Brasil 1979 – 88º lugar entre 94 participantes
* Campeonato Brasileiro – Taça de Prata 1980 – 53º lugar entre 64 participantes
* Campeonato Brasileiro – Série B 1989 – 11º lugar entre 96 participantes
* Campeonato Brasileiro – Série B 1990 – 5º lugar entre 24 participantes
* Campeonato Brasileiro – Série B 1991 – 29º lugar entre 64 participantes
* Campeonato Brasileiro – Série C 1992 – 6º lugar entre 20 participantes
* Campeonato Brasileiro – Série D 2010 – 6º lugar entre 40 participantes
* Campeonato Brasileiro – Série D 2011 – 24º lugar entre 40 participantes

Campanhas recentes
* 2009 – Conquista do Acesso para Primeira Divisão do Campeonato Paranaense;
* 2010 – 5º lugar no Campeonato Paranaense, primeiro campeonato na primeira divisão desde o licenciamento de 1994, conquista de vaga para o Campeonato Brasileiro da Série D;
* 2010 – 6º lugar no Campeonato Brasileiro da Série D;
* 2011 – 3º lugar no Campeonato Paranaense, conquista de vaga para o Campeonato Brasileiro da Série D;
* 2011 – 24º lugar no Campeonato Brasileiro da Série D.

Por Geraldo Bubniak (FutebolParanaense.net – 1/05/2012).

Pela quinta rodada do returno do Campeonato Paranaense, o Operário recebeu o Rio Branco neste domingo no Estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa e goleou por 4 a 0.

Foi a terceira vitória consecutiva do Fantasma no segundo turno que chegou aos 21 pontos na classificação geral. No returno o Operário manteve a terceira colocação, agora ao lado do Coxa. O Leão da Estradinha com a derrota marca passo no meio da tabela.

Para quase 2 mil torcedores, o Operário abriu o placar logo no início do jogo, Marcelinho sofreu pênalti que foi cobrado por Baiano e convertido, aos 6 min. O Leão da Estradinha ficou com um a menos ainda no primeiro tempo, Peu reclamou com o árbitro Evandro Roman e levou o vermelho. O Fantasma aproveitou a vantagem numérica e ampliou novamente com Baiano, aos 32min, no cruzamento da direita o atacante, atrás da zaga, chutou de primeira para vencer o goleiro Felipe.

No segundo tempo o Operário não deu chance para o Leão da Estradinha e aos 14min, Baiano marcou o terceiro aproveitando um passe curto da zaga adversária. O atacante do Fantasma vai pedir musica no Fantástico. E Ceará finalizou a goleada aos 30 min, marcando o quarto.

O Operário volta a campo na quarta-feira para enfrentar o Cianorte no Albino Turbay e o Rio Branco enfrenta o Roma no Gigante do Itiberê, as duas partidas acontecem na quarta-feira às 20:30h.

OPERÁRIO 4 X 0 RIO BRANCO
Data: 25/03/12 – Domingo
Local: Estádio Germano Krüger Ponta Grossa
Horário: 16:00 Horas
Árbitro: Evandro Rogério Roman
Assistentes: Roberto Braatz e Everton Luis Caldas

OPERARIO: Silvio; Correia, Renato Saldanha, Henrique e George; Paulo Foiani, Patrick, William e Ceará; Baiano e Marcelinho.
Técnico: Lio Evaristo

RIO BRANCO: Felipe, Baiano, Rodrigo, Rafael Bonfim e Erlon; Peu, Duda, Serginho Catarinense e Renan Meduna; Maranhão e Gilson
Técnico Allan Aal

Por Geraldo Bubniak (FutebolParanaense.net – 25/3/2012).

O embalado Arapongas parou no Operário na tarde deste domingo pela sétima rodada do primeiro turno do Campeonato Paranaense. O jogo no Estádio dos Pássaros, em Arapongas terminou 2 a 1 para o Fantasma.

O Operário foi a sete pontos se afastando da zona de rebaixamento e o Arapongas segue em 4º com 13 pontos. Foi a primeira derrota do alviverde em casa, justamente para o técnico Lio Evaristo que levou o time a primeira divisão.

O jogo teve cinco pênaltis, o Operário teve três a seu favor e marcou dois com Baiano ambos no segundo tempo aos 4 e aos 13 min., o Arapongas que teve dois converteu apenas um com Edu Amparo, aos 29 min do primeiro tempo.

Pela oitava rodada o Arapongas enfrenta o Toledo no 14 de Dezembro e o Operário recebe o Londrina no Germano Kruger. Os dois jogos acontecem na quarta feira, o primeiro às 20:30h e o segundo às 22h.

ARAPONGAS 1 X 2 OPERÁRIO
Data: 12/02/12 – Domingo
Local: Estádio Mun. José Chiapin Arapongas
Horário: 17:00 Horas
Árbitro: Paulo Roberto Alves Jr.
Assistentes: Fábio Gazarini Silva e Sidmar dos Santos Meurer

ARAPONGAS: Victor; Maicon, Douglas, Raul e Edinho; Alexandre, Edmilson, Sandro, Edu Amparo, Thiago Adam e Léo Itaperuna.
Técnico: Dario Pereyra

OPERÁRIO: Filipe, Jeferson, Renato Saldanha, João Paulo e George; Marcelo Carvalho, Patrick, Ceará e Marcelinho; Baiano e Ícaro
Técnico: Carlos Paiva

Por Geraldo Bubniak (FutebolParanaense.net – 12/02/2012).