20/08/2017

Após empate sem gols no Acre, só a vitória interessa ao Operário Ferroviário no jogo da volta, pelas semifinais do Brasileirão

Com o empate sem gols diante do Atlético Acreano, domingo, no Estádio Florestão, no primeiro jogo da semifinal do Campeonato Brasileiro da Série D, agora só a vitória interessa ao Operário Ferroviário, na partida da volta, marcada para a próxima segunda-feira, (28), em Vila Oficinas. Portanto, a semana será de treinamento e concentração intensa, em busca da vaga para uma final inédita para o Fantasma. Na outra semifinal, o Juazeirense (BA) fez 3 a 1 no Globo (RN).

Após a partida em Rio Brando, no Acre, o técnico Gerson Gusmão falou sobre o desempenho da equipe. “Foi um bom resultado fora de casa, nosso sistema defensivo se comportou bem. No segundo tempo, eles foram melhores, mas nós também tivemos chances. Agora vamos trabalhar porque a decisão será no Germano Krüger. Será mais uma batalha e com certeza vamos novamente contar com o apoio da torcida, que foi fundamental no jogo do acesso”, disse o treinador alvinegro.

O jogo
No primeiro tempo, o Alvinegro conseguiu chegar ao ataque e criar algumas chances. O calor e a grande umidade do ar desgastaram os jogadores alvinegros. Desta forma, na segunda etapa, foi a vez do time da casa pressionar e buscar o gol. Mas nenhuma das equipes conseguiu converter.

O Fantasma iniciou o jogo no Acre com: Simão, Danilo Báia, Alisson, Sosa, Peixoto, Chicão, Índio, Athos, Washington, Quirino e Lucas Batatinha. No segundo tempo, entraram Robinho, Schumacher e Jean Carlo para saída de Athos, Lucas Batatinha e Washington.

Ingressos
Para a partida da volta pelas semifinais, que acontece no dia 28 de agosto, às 21h15, no Estádio Germano Krüger, os ingressos já estão disponíveis nos seguintes locais: Loja do Fantasma (Rua Padre Nóbrega, 265 – Oficinas), no Keima Um Lojão (Rua Coronel Cláudio, 59 – Centro) e no Supermercado Vitor (Rua Laudelino Gonçalves, 332 – Chapada). Os valores até sábado (26) são R$ 40 entrada inteira e R$ 20 meia-entrada. No domingo (27) e no dia do jogo, os ingressos custarão R$ 60 inteira e R$ 30 meia.

Semifinais – Jogos de Ida
Juazeirense (BA) 3 x 1 Globo (RN)
Atlético (AC) 0 x 0 Operário Ferroviário

Da Redação (Diário dos Campos – 21/08/2017)

Com o empate conquistado fora de casa, equipe ultrapassou o Globo (RN) no aproveitamento geral do campeonato

Deixar o campo sem um vencedor, como aconteceu no 0 a 0 deste domingo (20), foi novidade para o Operário nesta Série D. Antes de entrar em campo em Rio Branco (AC) diante do Atlético Acreano, o Fantasma acumulava nove vitórias e três derrotas em 12 jogos pela quarta divisão nacional, o que deixava o time de Ponta Grossa com o melhor aproveitamento do campeonato ao lado do Globo (RN) – no saldo de gols, o time potiguar levava a melhor.

Mas na primeira rodada das semifinais, essa situação se inverteu. Os dois times com as melhores campanhas jogaram fora de casa, mas apenas o Operário pontuou. O Globo perdeu por 3 a 1 para o Juazeirense, na Bahia, e se complicou na briga por uma vaga na decisão. De quebra, perdeu também o melhor aproveitamento da ‘D’.

Agora, o Fantasma tem 71,7% de aproveitamento, contra 69,2% da equipe potiguar (nove vitórias e quatro derrotas). Os números são bastante superiores aos do Atlético Acreano, com 64,1% (sete vitórias, quatro empates e duas derrotas). O Juazeirense, equipe mais próxima da decisão da Série D, é quem tem o pior desempenho entre os quatro semifinalistas, com apenas 56,4% de aproveitamento (cinco vitórias, sete empates e uma derrota).

O desempenho do Fantasma na Série D continua como o segundo melhor entre as quatro divisões nacionais, perdendo apenas para o aproveitamento de pontos do Corinthians: a equipe paulista lidera a Série A com 47 pontos, com 14 vitórias, cinco empates e uma derrota em 20 jogos, 78,3% de aproveitamento.

Por Gabriel Sartini (aRede – 21/08/2017)

Para o treinador do Operário, postura do setor defensivo foi fator importante para segurar o ímpeto do Atlético jogando em casa

O empate em 0 a 0 no jogo de ida da semifinal da Série D só não foi bom para os donos da casa, o Atlético Acreano. Do lado do Operário, torcida e elenco avaliam que o resultado do primeiro jogo, embora não seja o ideal, é importante para que a vaga seja decidida dentro de casa. O fato de não sofrer gols garante ao Fantasma a possibilidade de avançar para a decisão com uma vitória simples no próximo dia 28.

Para o técnico Gerson Gusmão, a postura do Operário jogando em Rio Branco foi boa e o comportamento da defesa garantiu a igualdade sem gols no Florestão. “Foi um bom resultado fora de casa, nosso sistema defensivo se comportou bem. No segundo tempo, eles foram melhores, mas nós também tivemos chances. Agora vamos trabalhar porque a decisão será no Germano Krüger”, avalia o treinador.

O Fantasma iniciou o jogo com Simão, Danilo Báia, Alisson, Sosa, Peixoto, Chicão, Índio, Athos, Washington, Quirino e Lucas Batatinha. No segundo tempo, entraram Robinho, Schumacher e Jean Carlo para saída de Athos, Lucas Batatinha e Washington.

No primeiro tempo, o alvinegro conseguiu chegar ao ataque e criar algumas chances. Já na segunda etapa, foi a vez do time da casa pressionar e buscar o gol. Mas nenhuma das equipes conseguiu converter.

A vaga para a final será decidida na próxima segunda-feira, dia 28 de agosto, às 21h15. Os ingressos já estão disponíveis na Loja do Fantasma (Rua Padre Nóbrega, 265 – Oficinas), no Keima Um Lojão (Rua Coronel Cláudio, 59 – Centro) e no Supermercado Vitor (Rua Laudelino Gonçalves, 332 – Chapada). Os valores até sábado (26) são R$ 40 entrada inteira e R$ 20 meia-entrada. No domingo (27) e no dia do jogo, os ingressos custarão R$ 60 inteira e R$ 30 meia.

Por Gabiel Sartini (aRede – 21/08/2017)