O jogo entre Londrina e Operário foi marcado pelo reencontro do jogador Rone Dias, da equipe alviceleste, com o ex-clube, o Operário e também marcado pelo calor. Possíveis concorrentes diretos por uma vaga na Série D do Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil, Londrina e Operário se enfrentaram no final dessa tarde de domingo (2) buscando encostar na liderança do Paranaense.

Londrina fica na quarta colocação, enquanto Operário é o quinto. Foto: Robson Vilela

Londrina fica na quarta colocação, enquanto Operário é o quinto.
Foto: Robson Vilela

O Tubarão vinha de ascensão no campeonato. Já o Fantasma ainda estava invicto na competição. A equipe do técnico Gilberto Pereira conseguiu anular as jogadas pelas laterais do time londrinense, o que dificultou a criação de oportunidades de gol para o Londrina. Além disso, o Operário explorou as jogadas com o meia Marquinhos. Mas nos minutos finais, pressão total do Tuba, porém o resultado permaneceu em 0 a 0.

Com o empate, o Londrina fica na quarta colocação, com 7 pontos e o Operário permanece na quinta colocação com um ponto a menos que o Tubarão. Na próxima rodada, o time alviceleste enfrenta o Arapongas fora de casa, já o Operário retorna a Ponta Grossa para enfrentar o Paraná Clube.

Primeiro tempo equilibrado
Nos primeiros 30 minutos, as equipes fizeram um jogo equilibrado, ambas lutando pelo resultado, mas criando poucas chances de gol. As principais chances do Londrina foram com Rone Dias. Aos 18 minutos, em duas tentativas, ele chutou ao gol e goleiro Marcelo fez grandes defesas. Aos 27 minutos, o meia cobrou escanteio e Gilvan quase abriu o placar para os mandantes.

Já as melhores chances da equipe pontagrossense foram nos contra-ataques e em bolas paradas, a primeira, aos 20 minutos, com Lucas Batatinha e outra, aos 31 minutos, após cobrança de falta de Andrezinho, a bola bateu na barreira e na sobra Marquinhos chutou pra fora. Aos 39 minutos, Andrezinho em uma jogada pela esquerda, puxou para o meio, bateu cruzado e acertou a trave.

Segundo tempo continuou movimentado, mas sem gols
Na volta do intervalo, os jogadores voltaram com a mesma disposição, jogo lá e cá. Logo aos 2 minutos, o Londrina perdeu grande chance em cobrança de falta. E dois minutos depois, o Operário respondeu com chute da entrada da grande área de Lucas Batatinha, mas o arremate foi para fora.

Em nova cobrança de falta, aos 8 minutos, o Londrina desperdiçou outra oportunidade de gol. E aos 9 minutos, o alvinegro pontagrossense quase abriu o placar com Ícaro, após cruzamento pela esquerda de Marquinhos, o camisa 9, cabeceou e a bola passou perto do gol do goleiro Vitor.

As principais chances do Tubarão continuaram sendo com Rone Dias, mas que não assustavam o goleiro Marcelo. E o Operário continuou explorando os contra-ataques. Aos 25 minutos, o Fantasma continuou assustando, em cruzamento de Marquinhos, de cabeça Andrezinho desperdiça, o que poderia ser o gol da vitória. Com a saída de Marquinhos, Andrezinho e Lucas Batatinha, o Operário perdeu na criação e também começou a passar sufoco na defesa. No final do jogo, Arthur perdeu grande chance de gol para o Londrina, o chute saiu forte e passou por cima da meta. Nos últimos 15 minutos de jogo, pressão total do Tuba, mas o resultado permaneceu no 0 a 0.

FICHA TÉCNICA
LONDRINA 0 X 0 OPERÁRIO

Londrina: Vitor, Maicon (Maicon Macedo), Grolli, Gilvan e Paulinho; Diogo Roque, Robinho e Rone Dias; Lucas, Arthur e Neílson (Alexandre Oliveira).
Técnico: Claudio Tencati

Operário: Marcelo, Alex, Ítalo, Victor Hugo e Basso; Sidnei, Richardson, Marquinhos (Pedrinho) e Andrezinho (Telê), Ícaro e Lucas Batatinha (Everton).
Técnico: Gilberto Pereira

Local: Estádio do Café, em Londrina
Data/Horário: 02/02/2014, 17h
Árbitro: Rafael Traci
Assistentes: Luis Henrique de Souza Santos e Renesto Flavio Augusto Alves

Público/Renda: 3.397 pagantes/ 4.007 total/ R$ 62.810,00
Cartões Amarelos: Maicon e Arthur (Londrina). Basso e Richardson (Operário).

Por Julian Lima (Redação em Campo – 02/02/2014).

Uma resposta a Redação em Campo: Em jogo equilibrado, Londrina e Operário empatam sem gols