No último domingo (2), o Operário empatou, sem gols, com o Londrina, fora de casa. A partida foi válida pela quarta rodada do Campeonato Paranaense. O resultado deixou a equipe ponta-grossense como quinto colocado na competição, com seis pontos somados, quatro a menos que o líder, Maringá.

Operário empatou fora de casa com o Londrina e está na quinta colocação. Foto: Robson Vilela

Operário empatou fora de casa com o Londrina e está na quinta colocação.
Foto: Robson Vilela

O técnico Gilberto Pereira foi obrigado a fazer algumas modificações no setor defensivo, após o zagueiro Renê e os laterais Willian e Correia serem vetados pelo Departamento Médico do clube, para o duelo contra a equipe alviceleste. Apesar das mudanças, Alex, Ítalo, Victor Hugo e Basso deram conta do recado e não deixaram o Tubarão passar.

Carlos Nunes, auxiliar técnico da equipe, falou da importância do último resultado para o Fantasma. “Foi um grande resultado para a nossa equipe, enfrentado um grande adversário, que é o Londrina, com quase 4 mil pessoas no Estádio contra nós. Estamos melhorando e temos tudo para irmos mais longe no campeonato”.

O Operário voltou aos trabalhos na manhã de terça-feira (4), o treino de manhã foi apenas para os jogadores que não atuaram contra o Londrina. À tarde, os 11 atletas que começaram jogando a partida de domingo fizeram apenas uma recuperação física na academia. O Operário volta a campo no domingo, às 17h, em duelo contra o Paraná Clube, no Germano Krüger, válido pela quinta rodada do Paranaense.

Jogo-treino para os reservas termina empatado
Para dar ritmo aos reservas, a diretoria do Fantasma organizou um jogo-treino contra o Internacional de Campo Largo. A falta de objetividade e de entrosamento dos jogadores alvinegros foi determinante para que o jogo terminasse empatado pelo placar de 2 a 2. A partida foi disputada na noite de terça (4), no Estádio Germano Krüger, às 20h, com os portões abertos ao público.

Operário ficou em 2 a 2 com Internacional de Campo Largo em jogo-treino. Foto: Luciano Mendes

Operário ficou em 2 a 2 com Internacional de Campo Largo em jogo-treino.
Foto: Luciano Mendes

No primeiro tempo, as equipes tiveram poucas oportunidades, o goleiro Vinícius, do Operário, praticamente não teve trabalho. O jogo foi pegado, com muitas faltas e cartões. As melhores chances foram do Fantasma e aos 13 minutos Willian Rocha, após cobrança de escanteio, de cabeça, abriu o placar para o time da casa. E aos 19 minutos ampliou com Thiago Bispo também de cabeça.

Mas o time se acomodou e na volta do intervalo, o Internacional voltou mais atento e aos 23 minutos e aos 31, Elton, converteu as duas cobranças de pênalti, empatando o jogo. No final do segundo tempo, o Operário ainda tentou uma pressão, mas o resultado permaneceu empatado até o fim.

O Operário foi a campo da seguinte maneira: Vinicius; Gustavo, Marquinhos, Dime e Baiano; Matheus, Everton, Ricardinho e Thiago Bispo; Telê e Willian Rocha.

Escalação Internacional de Campo Largo: Diego; Marcelinho, Alisson, Juninho e Jhonatan; Fernando, Danilo, Elton e Feijão; Djonattan e Bruninho. Técnico: Ivo Petry.

Por Julian Lima (Redação em Campo – 06/02/2014).

Uma resposta a Redação em Campo: Comissão técnica do Operário vê time em ascensão