Operário estreia hoje no Campeonato Paranaense, a equipe ainda não foi definida, mas Gilberto Pereira conta que o grupo será pé no chão

Ícaro depende de avaliação do departamento médico para atuar diante do Toledo

Ícaro depende de avaliação do departamento médico para atuar diante do Toledo

Operário estreia contra o Toledo, técnico pede apoio e paciência dos torcedores Foto: Rodrigo Covolan

Operário estreia contra o Toledo, técnico pede apoio e paciência dos torcedores
Foto: Rodrigo Covolan

O Operário estreia hoje na 100° edição do Campeonato Paranaense, a partida será contra o Toledo, às 17 horas, no Germano Krüger. A equipe que irá entrar em campo hoje, não foi definida, mas os jogadores relacionados para a partida são: Marcelo e Vinicius;zagueiros: Renê, Itallo, Basso e Marquinhos; laterais: Alex, Everton, Marquinhos e Correia; volantes: Dime e Sidnei; meias: Luiz Fernando, Pedrinho, Maicon, Thiago Bispo e Matheus;atacantes: Abuda, Icaro, Andrezinho e Lucas Batatinha.

O técnico Gilberto Pereira comenta que o time será pé no chão, mas buscará bons resultados . “Nós somos muito pés no chão, vamos jogar de acordo com o regulamento e classificar entre os oito, mas subindo degrau, criando a equipe e encorpando de acordo com a competição e com os jogos”, explica Gilberto. Ele relata que o time não vai iniciar o campeonato pronto, mas será um grupo que vai brigar em campo. “Não vou querer enganar o torcedor, dizendo que a equipe está pronta e que vai conseguir tudo, não, vai ser uma equipe competitiva, que vai jogar de acordo com o regulamento, mas sempre com os maiores objetivos. Mas primeiramente, vamos tentar classificar o mais rápido possível, entre os oito, depois crescer na competição sempre”, completa o técnico.

Para o técnico estrear em casa é uma grande vantagem. “Começar o campeonato ao lado do meu torcedor eu não abro mão, nosso torcedor ele é fanático, participativo, preciso que ele venha mesmo nos ajudar e tenha paciência, é um grupo que está em formação, mas não vai decepcionar o torcedor”, promete Gilberto. O comandante espera contar com o apoio da torcida na primeira partida do campeonato. “Espero que eles nós ajudem, depois do jogo se não estiver agradável, cobre, mas enquanto estivermos em campo, a gente precisa muito deles, pois eu confio muito na equipe”, relata.

Em relação ao adversário, Gilberto comenta que o jogo de estreia é sempre perigoso e que a equipe só pensa na partida de domingo. “Não conhecemos a equipe, isso faz que seja um jogo de alto risco, é um jogo perigoso e sabemos que temos que plantar nosso risco, vamos buscar e fazer tudo para merecer essa vitória. Meu grupo só pensa no Toledo, por etapas, não posso sonhar lá na frente. Dentro daquele limite da equipe eles estão preparados, têm capacidade para crescer muito, tem seus limites no momento, daqui para frente ela vai crescer”, comenta o treinador.

O experiente atacante Ícaro, que defendeu o Operário em outras temporadas, espera estrear na competição com vitória. “A expectativa é a melhor possível, é um jogo importante, de estreia e a gente espera conquistar os primeiros pontos dentro de casa, que é o mais importante, estar jogando dentro da nossa casa, e arrancar bem nesse campeonato. Estou acostumado, é o meu terceiro ano aqui, me sinto em casa”, explica Ícaro.

Já o Lucas (Batatinha), relata estar ansioso para a estreia em competições oficiais e pela primeira partida do Fantasma. “Estou bastante ansioso, vou dar minha vida dentro do campo, dar o máximo. Nos treinos ele me botou no meio, será o meu primeiro jogo no meio, mas acho que vai dar tudo certo. Quando fui chamando para o time fiquei em dúvida em largar meu serviço, porque eu ganhava bem, mas eu resolvi agarrar a oportunidade com as duas mãos. Quero ver no sábado para eu dormir, mas vai dar tudo certo, espero que o torcedor compareça, sei que vai dar certo para todo mundo”, expõe Lucas.

Torcida faz campanha para torcedor vestir preto e branco
Quem acompanhou os treinos do Fantasma ou passou pelo Germano durante no fim dessa semana, viu a faixa colocada por alguns torcedores do Operário, que dizia: “Torcedor do Operário, camisa do Operário”, Thiago Moro comenta sobre a iniciativa. “É uma campanha da Associação Avante Fantasma (AAFA) em parceria com a Torcida Trem Fantasma. Queremos que os torcedores prestigiem os jogos vestindo camisas do nosso clube ou então de preto e branco. E aos torcedores de outros times que queiram assistir aos jogos do Operário, são bem-vindos, mas que respeitem o dono da casa, deixando a camisa de seu outro time “, relata Thiago.

Em relação à estreia, o torcedor conta que acompanhou os treinamentos, reconhece que a equipe precisa de ajustes, mas confia no time. “O time ainda está sendo montado, tenho certeza que será um jogo muito difícil, o Toledo sempre deu trabalho ao Operário e neste domingo não será diferente. Pelo que vi nos treinamentos e nos jogos preparatórios, o time ainda precisa de alguns ajustes, mas tenho certeza que não faltará raça, vontade e disposição, pelo que conheço do trabalho do treinador Gilberto Pereira e pelo que vem sendo demonstrado nos treinamentos da equipe”, diz Thiago.

Por Rafaela Serrato (Diário dos Campos – 19/01/2014).

Uma resposta a Diário dos Campos: “Vamos buscar e fazer tudo para merecer essa vitória”