Operário venceu o Cianorte por 2 a 0, na última quarta-feira (26), com o resultado, o Fantasma ficou na segunda posição da tabela do descenso, com seis pontos, mesmo número conquistado pelo Arapongas e por Toledo, mas como o saldo de gols do Arapongas é maior que o do Operário, a equipe fica em primeiro. Na outra partida da noite, o Arapongas venceu o Toledo pelo placar de 2 a 1.

O próximo desafio do Fantasma será novamente contra o Cianorte, no domingo Foto: Fábio Matavelli

O próximo desafio do Fantasma será novamente contra o Cianorte, no domingo
Foto: Fábio Matavelli

Em entrevista coletiva após a partida o técnico do Operário, Paulo Foiani relatou que trabalhou o psicológico dos jogadores, já que cada partida é decisiva e define a permanência do alvinegro na primeira divisão do Campeonato. “Procurei motivá-los em todos os sentidos, porque são eles que vão resolver essa situação. É lógico que a gente trabalha, busca o vídeo, posiciona e tenta organizar, mas dentro de campo quem tem que fazer são eles. E hoje (quarta-feira) está todo mundo de parabéns porque eles se dedicaram, criamos inúmeras chances, conseguiram fazer dois gols e sair com a vitória” comentou.

No próximo domingo, o Operário volta a enfrentar o Cianorte, que agora, precisa da vitória, pois ainda não pontuou no Campeonato e conta com o fator casa. ” Eu acredito que desses jogos que temos pela frente, essa vai ser a partida mais difícil, aparentemente parece que a equipe está desmotiva, mas quando você está ali no gramado, vê eles se cobrando e se motivando. Então, eles têm três partidas, podem chegar a nove pontos, dependendo dos outros resultados podem chegar”, explica Foiani.

Já o Fantasma só volta a encontrar a torcida alvinegra na última rodada do campeonato, depois da viagem a Cianorte, terá um confronto em Arapongas, o objetivo de Foiani é vencer uma das duas, para não deixar a decisão para a última rodada. “Agora temos duas fora, seria interessante vencer uma e empatar outra, em vez de empatar as duas, para resolver aqui. Não vai ser fácil. Cianorte não tem nenhum ponto, mas quem está lá do outro lado vai querer vencer”, relatou o técnico.

O autor do primeiro gol do Operário na partida, Pedrinho, falou da vitória e da situação em que as equipes se encontram, já que são três empatadas em número de pontos. “Jogamos em casa, estão os três times com seis pontos, cada vez vai afunilar mais então a gente vai ter que ganhar o máximo possível de jogos, em casa nós temos que cumprir nosso dever”, disse Pedrinho. O segundo gol veio dos pés de Marquinho, ambos no primeiro tempo.

Por Rafaela Serrato (Diário dos Campos – 28/03/2014).

Uma resposta a Diário dos Campos: Três equipes do descenso estão empatadas