Fantasma tem a segunda partida do torneio da morte hoje e joga contra equipe que já foi comandada por Foiani

Preá deve entrar na partida de hoje contra o Toledo Foto: Rodrigo Covolan

Preá deve entrar na partida de hoje contra o Toledo
Foto: Rodrigo Covolan

O Operário enfrenta hoje o Toledo, equipe que era comandada por Paulo Foiani na fase inicial da primeira fase do Campeonato Paranaense. Outra coincidência é que as duas equipes começaram o torneio da morte vencendo. O Fantasma ganhou do Arapongas e o Toledo do Cianorte, as duas partidas terminaram em 1 a 0.

Na primeira fase do campeonato o Fantasma conquistou duas vitórias, duas derrotas e sete empates, ficando em 10° na classificação, já o Toledo ficou na lanterna, com uma vitória, dois empates e oito derrotas. A última vez que o alvinegro enfrentou o Toledo foi na primeira fase do Campeonato, a partida terminou empatada em um gol. Para preparar o time que enfrenta o Toledo, Foiani relatou que assistiu vídeos da última partida, que aconteceu no domingo.

Como vantagem, o técnico aponta o fato de conhecer o elenco, mas sabe que pode ter surpresas. “Vantagem é que eu conheço os atletas e as características, mas futebol é surpreendente justamente por isso, você não sabe o que pode acontecer. Comigo eles poderiam estar tendo uma atitude e agora lá, podem ter outra totalmente diferente já que estão com novo treinador”, relata o técnico.

Apesar das duas equipes terem saído na frente, Foiani acredita que a vantagem é que o Toledo, agora, joga em casa. “É um ponto positivo, mas eu vejo que o Toledo tem uma vantagem a mais por ter vencido fora e jogar uma partida em casa”, explicou Foiani. Ele acredita que a equipe que vai entrar em campo defendendo o Toledo seja a mesma que atuou na última partida. “Em time que ganha não se mexe, mas eles perderam um volante de marcação, e sei que eles não tem essa reposição. Pode existir essa alteração justamente por essa peça de marcação, como primeiro volante. Mas isso eu já passei para os jogadores o que pode acontecer para a gente não ser surpreendido amanhã(hoje)”, relatou o técnico.

O técnico contou que o torcedor irá ver muita dedicação dos jogadores em busca de um resultado positivo para o alvinegro. “Como eu bem disse fomos nós que colocamos o Operário nessa situação e a gente que tem que tirar. Em princípio não pode faltar luta, perseverança de acreditar, aí vem coragem, confiança, se a gente tiver esses itens aí vamos conseguir tirar o Operário dessa situação”, expôs o técnico.

Partidas de hoje definem que passa para a semi-final
Hoje acontece a partida de volta do Campeonato Paranaense. Abrindo a rodada o Paraná enfrenta o Atlético, às 16 horas, no Durival Britto. O Paraná saiu na vantagem, já que venceu o Atlético por 2 a 1 fora de casa, na semana passada. Após a partida pela Copa do Brasil no meio da semana o técnico do Paraná voltou a preparação do time para a conquista dessa vaga. Já o Atlético que precisa vencer por dois gols de diferença para ir para a semifinal, fez o último treino ontem e a equipe seguiu para a concentração.

A outra partida do domingo acontece às 18 horas, o Londrina recebe o J. Malucelli, no Estádio do Café. O placar da partida da semana passada, foi o mesmo que das equipes da capital, mas com vantagem para o Londrina que venceu. O último treino do Londrina foi ontem pela manhã, foi realizada um rachão e os jogadores seguiram para a concentração.

Por Rafaela Serrato (Diário dos Campos – 23/03/2014).

Uma resposta a Diário dos Campos: Reencontro no Paranaense