Apesar da vitória em cima do Rio Branco técnico Gilberto Pereira destaca que a equipe precisa de avanços, mas reconhece o esforço dentro de campo.

Lucas Batatinha foi o autor do segundo gol do Fantasma, foi o primeiro gol do atleta em partidas oficiais Foto: Fábio Matavelli

Lucas Batatinha foi o autor do segundo gol do Fantasma, foi o primeiro gol do atleta em partidas oficiais
Foto: Fábio Matavelli

O Operário venceu a partida contra o Rio Branco por 3 a 1, na última quarta-feira (22), apesar do bom resultado e da resposta dentro de campo, para o técnico Gilberto Pereira, o time tem muito a crescer, ele destacou que entre sua preocupação estão as jogadas com bolas paradas, marcação e contra-ataques.

Gilberto reconhece que a equipe está entrosando, mas em muitos pontos admite que o time pode melhorar. “A gente está se conhecendo, defensivamente tivemos pouca dificuldade, até na hora do gol(contra) foi mais erro nosso do que mérito do adversário, me preocupou um pouco as bolas paradas, acho que o adversário ganhou muitas”, explica Gilberto.

O técnico diz que além desse fundamento a equipe precisa melhorar na marcação.”Alguns momentos disputamos marcação, mas podemos avançar e também no sentido de contra-ataque, a gente parece ser muito exigente quer tudo de uma vez, tivemos alguns lances que poderiam ser aplicados de forma mais positiva, mas a disposição do grupo dentro de campo, o interesse e a vitória foram importantes”, comenta.

O técnico ressaltou a mudança de atitude em relação à primeira partida e acredita que o placar poderia ser maior. “Eles são merecedores da vitória, porque mostraram uma atitude diferente, jogaram e se tabelaram nos contra-ataques e criaram situações de jogo, o placar poderia ser mais do que foi “, ressalta.

Para o técnico esse resultado serviu para aumentar a confiança do time. “Temos muito a crescer e melhorar, porque eles vão ganhando também a confiança, logicamente, nossa qualidade melhora e a vitória nos da isso. Com o apoio da nossa diretoria, que sempre está nos ajudando temos a confiança de buscar a classificação entre os oito”, expõe Gilberto. Ele completa: “Foi um resultado muito importante, por que dentro de casa é o diferencial e o Rio Branco veio de uma vitória de fora casa. Temos dois jogos agora, fizemos o dever de casa, não foi como queríamos, mas fico feliz com essa vitória em cima de uma equipe que foi a surpresa da rodada”.

O técnico elogiou os atletas que estrearam na quarta-feira: Ícaro, Richardson e Willian.” Os que estrearam hoje(quarta-feira), fizeram muito bem e deram uma qualidade muito melhor, agora fica a rivalidade entre eles que estão buscando seu espaço”, avalia o técnico.

Agora o Operário tem dois jogos fora de casa, contra o Atlético Paranaense amanhã e no dia dois de fevereiro enfrenta o Londrina, com esses jogos fora, Gilberto quer ganhar mais a confiança do torcedor. “Temos muitas situações de jogadores que nos deram uma resposta boa, têm alguns nomes para estrear, nesses dois jogos fora de casa é onde a gente vai ganhar confiança que falta”, explica.

Operário marca três em partida contra o Rio Branco
O primeiro gol do Fantasma veio dos pés de William, aos 41 do primeiro tempo, ele cobrou falta no ângulo direito, deixando o goleiro Thiago Rodrigues sem chances para defender, o segundo no final do primeiro tempo, após cobrança de escanteio, aos 48 minutos, Lucas Batatinha recebeu a bola do atacante Ícaro e marcou mais um.

No segundo tempo o técnico fez alterações, aos nove minutos entrou Abuda e saiu Lucas Batatinha. Aos 20 minutos do segundo tempo, a bola sobrou na área e ao tentar desviar Renê manda a bola para a rede: 2 a 1. O terceiro gol veio dos pés de Ícaro, a jogada começou com o estreante Richardson, que tocou para Pedrinho que lançou para Ícaro marcar. Ícaro foi substituído no final do segundo tempo por Luiz Fernando.

O autor do terceiro gol alvinegro, Ícaro considera que o Operário fez uma boa partida. “O jogo de hoje foi super importante para nós, o atacante vive de gols e entre nós, independente de quem faz o gol, o importante é o resultado os três pontos foi o que interessa”, relatou Ícaro.

Por Rafaela Serrato (Diário dos Campos – 24/01/2014).

Uma resposta a Diário dos Campos: Gilberto quer mais avanços no Operário