Após uma semana de festa pelos 57 anos completados, o Londrina entrou em campo diante do Operário, no Estádio do Café, às 16h. Os torcedores compareceram em grande número, mas não tiveram um bom presente de aniversário. A partida foi equilibrada, mas foi o Fantasma que marcou o gol do jogo, com Paulo Sérgio, aos 27 minutos do segundo tempo.

O Tubarão não conseguiu recuperar a liderança e permanece como vice-líder do returno do Paranaense 2013. Na próxima rodada, o LEC enfrenta o Panavanaí, fora de casa. Já o OFEC joga contra o Nacional, em Ponta Grossa.

Primeiro tempo disputado
Com a casa cheia o Tubarão entrou em campo ciente da responsabilidade, precisando vencer para se manter na liderança do segundo turno. Contudo, a primeira grande chance do jogo foi do Operário, aos cinco minutos, com Jácio de fora da área. O goleiro Danilo salvou a equipe da casa com uma ótima defesa. O Fantasma apertou a marcação e o Tubarão tentava encontrar espaço para atacar. O time mandante chegou com perigo com Neílson, que ajeitou a bola e chutou. O goleiro Silvo salvou o que seria o primeiro gol do LEC.

Em partida disputada, de grande movimentação para os dois lados. O Fantasma saia com velocidade ao ataque e explorava bem pelas laterais enquanto o Tubarão dava espaço no meio de campo, mas chegava bem ao gol adversário. Uma prova disto aconteceu aos 30 minutos. Germano ganhou do goleiro e mandou a bola na trave. Na sequência, Patrick afastou a bola e salvou o Operário.

As duas equipes tiveram boas chances de abrir o placar. O Tubarão chegava a frente com facilidade e criava boas oportunidades, entretanto o Fantasma aproveitava bem os contra-ataques principalmente com a liberdade que tinha o lateral Maicon. No final do primeiro tempo, Neílson subiu e cabeceou no meio do gol, para outra defesa de Silvio. Mesmo com todas as tentativas, a primeira etapa terminou sem gols.

Os dois times tentam, mas só o Fantasma marca
As equipes voltaram com a mesma formação para o segundo tempo e com a mesma postura em campo. Aos 10 minutos, Rone Dias bateu uma falta para o Operário, direto para o gol e o goleiro Danilo espalmou a bola. O Londrina, aos 17 minutos, perdeu um gol com Alexandre, que mesmo dentro da pequena área não conseguiu mandar a bola para o fundo das redes.

O Tubarão passou a jogar com ligações diretas e facilitou o jogo do Operário. Tanto que aos 27 minutos, os visitantes abriram o placar, com Paulo Sérgio. Sandro passou pelos zagueiros adversários e tocou para o atacante, que apenas escorou para o fundo das redes.

O LEC continuou tentando marcar. Marcelo, que entrou no lugar de Alexandre, buscava oportunidades para a equipe, mas a bola não entrou. A defesa da equipe adversária segurou bem o placar e as tentativas desesperadas do Tubarão não deram certo. Assim, o jogo terminou mesmo com a vitória do Operário por 1 a 0.

FICHA TÉCNICA
LONDRINA 0 X 1 OPERÁRIO

Londrina: Danilo; Serginho Paulista, Dirceu, Gilvan e Wendell; Sílvio, Bruno, Germano e Robinho (Joel); Alexandre (Marcelo) e Neílson (Quirino).
Técnico: Cláudio Tencati.
Operário: Silvio (Carlão); Maicon (Pedrinho), Alex Moraes, Edimar e Batista; Jácio, Patrick, Rone Dias e Sidnei; Maiquinho (Sandro) e Paulo Sérgio.
Técnico: Paulo Turra.

Local: Estádio do Café, em Londrina.
Data/Horário: 07/04/2013, às 16h
Árbitro: Adriano Milczvski.
Assistentes: Arestides Pereira da Silva Jr. e Everson de Souza.

Público/Renda: 12.660 pagantes/13.355 total/ R$ 185.390,00
Cartões Amarelos: Dirceu e Silvio (Londrina). Paulo Sérgio (Operário)
Gols: Paulo Sérgio, aos 27’ do 2º tempo, para o Operário.

Por Aryane Monteiro (Redação em Campo – 07/04/2013).

Os comentários estão encerrados.