Nesta quarta-feira (20), o Cianorte recebeu o Operário pela quarta rodada do segundo turno do Campeonato Paranaense de 2013. Com dois tempos muito diferentes, o Operário sagrou-se vencedor e alcançou a marca de 7 pontos. O primeiro tempo foi bastante equilibrado, com uma ligeira vantagem no final para o Operário, que acabou criando algumas oportunidades a mais. Já o segundo tempo, foi marcado por um massacre total do Operário, que foi muito superior marcando três gols, de Reinaldo Mineiro, Maiquinho e Alex Morais respectivamente.

Na semana que vêm, o Operário receberá o Rio Branco, enquanto o Cianorte buscará voltar a vencer após três rodadas contra o Atlético Paranaense, novamente em Cianorte.

Equilíbrio foi a palavra chave do primeiro tempo
A primeira grande chance do jogo foi do Cianorte com 5 minutos de jogo, que chegou muito perto de abrir o placar com Ícaro, que perdeu um gol inacreditável. Aos 15 minutos, após falha da defesa do Operário, Ícaro teve outra oportunidade para abrir o placar, mas acabou mandando a bola para longe. O Operário não teve grandes oportunidades nos primeiros 30 minutos de jogo, exceto pelas bolas paradas, onde o time era mais perigoso. Mas, aos 31, o Operário chegou forte com Roni Dias e Jacio, que acabou mandando a bola na trave.

Na segunda metade do primeiro tempo, o jogo estava lá e cá, com várias oportunidades de gol para ambos os lados. Aos 40 minutos, o Operário chegou com Patrick, que carregou a bola driblando vários jogadores, tirando o goleiro, mas ficando sem ângulo para finalizar, acabando por chutar na trave. Reinaldo Mineiro fez gol impedido aos 45, em outra boa oportunidade para o Operário, que acabou sendo levemente superior no final do segundo tempo.

Superioridade do Operário e show de Reinaldo Mineiro
Ambos os times voltaram para o segundo tempo sem alterações, contando com os mesmos jogadores e mesma disposição em campo da primeira etapa. Logo aos 5 minutos do primeiro tempo, Reinaldo Mineiro recebeu cruzamento na medida de Alex Cazumba e abriu o placar para o Operário. Com um início avassalador, aos 10 minutos, Reinaldo Mineiro fez boa jogada e tocou para Marquinho, que teve apenas o trabalho de empurrar a bola para dentro das redes. O Operário seguiu superior, com o Cianorte demonstrando diversos problemas na marcação e na criação de jogadas. Aos 23, Alex Morais aumenta mais ainda o placar para o Operário após um escanteio cobrado por Rone Dias, 3 a 0.

Com algumas alterações, o técnico do Cianorte, Ronaldo Bagé mandou o time para o ataque, como uma última forma de tentativa de uma possível virada. Mas de pouco adiantou, pois o Operário continuou superior criando mais oportunidades e sendo mais perigoso, além de conseguir tranquilamente se segurar com uma forte marcação do meio de campo do Fantasma de Ponta Grossa.

CIANORTE 0 X 3 OPERÁRIO
Cianorte: Paes; Lisa (Eidison), Alexandre Luz, Maurício e Digão; Cleiton, Dedoné, Paulinho e Juliano (Paulo Roberto); Thiago Ferreira (Wellington) e Ícaro.
Técnico: Ronaldo Bagé.
Operário: Silvio; Correia, Alex Moraes, Edimar e A. Cazumba; Jacio (Batista), Patrick, Rone Dias (Sandro) e Sidnei; Maiquinho e Reinaldo Mineiro.
Técnico: Paulo Turra.

Local: Estádio Olympico Albino Turbay, em Cianorte.
Data/Horário: 20/03/2013, às 20h30
Árbitro: Leandro Júnior Hermes.
Assistentes: Marcos Rogério da Silva e Weslley Gomes da Silva.

Público/Renda: 222 pagantes, 280 total / R$ 3.220,00.
Cartões Amarelos: Paulinho (Cianorte).
Gols: Reinaldo Mineiro aos 5 minutos do segundo tempo, Maiquinho aos 10 minutos do segundo tempo, Alex Morais aos 23 minutos do segundo tempo para o Operário.

Por Caio Porthus (Redação em Campo – 20/03/2013).

Uma resposta a Redação em Campo: Operário vence Cianorte no Albino Turbay por 3 a 0