Na noite desta quarta-feira (30), o Operário recebeu o Cianorte, no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa, em jogo válido pela quarta rodada do Campeonato Paranaense. E o Operário derrotou o Leão do Vale pelo placar de 2 a 1. O Operário saiu na frente com Rone ainda no primeiro tempo, logo depois o Cianorte chegou ao empate com Mineiro. Mas no final da partida o time da casa chegou ao segundo gol com João Paulo em cobrança de pênalti.

Foi a primeira vitória do Fantasma. Com o resultado da partida, o Cianorte continua na lanterna da competição sem nenhum ponto conquistado. O próximo desafio do Operário é contra o Rio Branco, em Paranaguá. Já, o Leão joga no próximo sábado (2) contra a equipe do Atlético – PR, em Curitiba.

Primeira etapa e tudo igual
O Operário inicou a partida indo pra cima do Cianorte, e nos primeiros minutos da partida assustou o goleiro Marcelo, em cobrança de falta o Fantasma quase marcou, e na sobra a bola foi para a linha de fundo. A equipe da casa continou na pressão, buscando marcar o primeiro gol logo no início da partida, Kaká começou a infernizar a zaga do Leão. Mas que teve a primeira chance de gol mais clara de gol foi o Cianorte, Dedoné aproveitou o espaço na zaga do adversário e chutou forte obrigando o goleiro Silvo se esticar para defender e colocar a bola pela linha de fundo. O Fantasma tentava responder com contra-ataque mas parava na zaga do Cianorte.

A equipe de Paulo Turra teve ainda outra grande chance, Alemão cobrou uma falta venenosa e o goleiro do Operário conseguiu operar um milagre. Na sequência da jogada, Lucas Silva ia marcando de bicicleta, mas o árbitro parou a jogada marcando carga no goleiro Silvio. O Cianorte cresceu no jogo e tinha mais posse de bola e começou a pressionar o time da casa, mas pecava nas finalizações, Lucas Silva perdeu uma grande chance de marcar, o atacante invadiu a área mas na hora de finalizar acabou chutando por cima do gol. O time de Liu Evaristo tentou responder a pressão do visitante, novamente o jogador Kaká começou a dar trabalho para zaga do Cianorte, o volante fez uma grande jogada dentro da área e cruzou, mas ninguém aproveitou. Mas logo depois, o Fantasma não desperdiçou, Rone marcou aos 27 minutos após cruzamento e erro da marcação do Leão do Vale. O Cianorte acordou depois que tomou o gol e buscou o empate. O lateral Lisa desceu em velocidade e chutou forte cruzado obrigando Silvo colocar a bora para a linha de fundo, e na cobrança de escanteio, Juliano chutou forte e no rebote Alexandre Luz rolou e Mineiro empatou o jogo aos 42 minutos.

Operário marca o segundo e sela vitória
O Operário iniciou o segundo tempo pressionando o Cianorte, e logo no reinício João Paulo foi empurrado dentro da área e o Juiz marcou pênalti, mas o goleiro Marcelo defendeu a cobrança de Roni. O Fantasma continou na pressão, e em cobrança de falta quase marcou o segundo, mas a cobrança parou nas mãos do goleiro Marcelo. E o Operário continuou na pressão bucando o segundo gol, mas o Cianorte se defendia e anulava as jogadas do Fantasma. O Cianorte não deixou o time da casa crescer no jogo e tentou responder as jogadas ofensivas com contra-ataque, mas parando nas mãos do goleiro Silvio. E logo depois o Leão teve outra chance, Dedoné cruzou na área, mas Lucas Silva não consegiu alcançar e a bola se perdeu pela linha de fundo.

O jogo ficou mais movimentado, com as duas equipes buscando marcar, mas tanto Cianorte e Operário pecavam nas finalizações e erros de passes. O Fantasma usou a bola parada pra pressionar o visitante, mas sem efeito. O Cianorte teve um jogador expulso no final da partida, Cleiton levou o segundo cartão amarelo após foi mais cedo para o chuveiro. Pouco depois o juíz marcou pênalti para o Operário e João Paulo Marcou. O Leão ainda tentou marcar o segundo, mas o Operário segurou o resultado e saiu de campo com a primeira vitória na competição.

FICHA TÉCNICA
OPERÁRIO 2 X 1 CIANORTE

Operário: Silvio; Correa, Edmar, Neguette e Alex Cazumba; Batista (Jácio), Sandro, Sidnei, Cacá e Rone Dias (Maiquinho); João Paulo.
Técnico: Lio Evaristo.
Cianorte: Marcelo; Lisa (Lindóia), Alexandre Luz, Alemão e Digão; Cleiton, Mineiro e Paulinho, Juliano (Jovane), Dedoné e Lucas Silva (Thiago Ferreira).
Técnico: Paulo Turra.

Local: Estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa
Data/Horário: 30/01/2013, às 20h30
Árbitro: Rafael Pedro Feza.
Assistentes: Marcelo Pavan e Celso Galvan.
Público/Renda: não divulgados
Cartões Amarelos: Marcelo, Cleiton (Cianorte).
Gols: Rone aos 27 minutos do 1º tempo e João Paulo aos 43 minutos do 2º tempo para o Operário. Mineiro aos 42 minutos do 1º tempo para o Cianorte.

Por Luciano Junior (Redação em Campo – 30/03/2013).

Os comentários estão encerrados.