Edimar, Alex Cazumba e Pedrinho foram absolvidos pelo TJD por expulsões diante do Nacional. Alvinegro foi punido em R$ 500 por arremesso de objetos contra a arbitragem

Com saldo positivo. Assim saiu o Operário Ferroviário de mais uma maratona de julgamentos no Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná (TJD/PR). No início desta semana, em Curitiba, três atletas do Fantasma foram julgados pelas expulsões no confronto contra o Nacional, no Estádio Germano Krüger. Todos foram absolvidos na capital paranaense.

A única punição ao clube veio pela súmula do árbitro Leonardo Sígari Zanon, que relatou “arremesso de pedras, água e moedas em direção ao trio de arbitragem e ao efetivo policial” por parte da torcida alvinegra. Por unanimidade, o Operário levou multa no valor de R$ 500, mas não perdeu mandos de campo.

Por Felipe Gustavo (JMNews – 08/05/2013).

Os comentários estão encerrados.