Vitória do Operário por 3 a 0 diante do Paranavaí deixa o Fantasma vivo na luta pela vaga na Série D, e mais aliviado em relação ao rebaixamento

Na estreia como titular, Reinaldo Mineiro comemorou seu primeiro gol Foto: Thiago Terada

Na estreia como titular, Reinaldo Mineiro comemorou seu primeiro gol
Foto: Thiago Terada


Reinaldo Mineiro (centro) marcou seu primeiro gol com a camisa do Operário Ferroviário Foto: Fábio Matavelli

Reinaldo Mineiro (centro) marcou seu primeiro gol com a camisa do Operário Ferroviário
Foto: Fábio Matavelli

O Operário Ferroviário venceu pela primeira vez no 2° turno do Campeonato Paranaense e deu um alívio para o torcedor que já pensava na possibilidade do rebaixamento à Divisão de Acesso em 2014. Em uma atuação equilibrada e intensa, ao modo do técnico Paulo Turra, o Fantasma de Vila Oficinas venceu o Atlético Paranavaí por 3 a 0 neste domingo, em Ponta Grossa, e abriu cinco pontos em relação a ZR do Estadual, chegando ao 7° lugar na classificação acumulada. E para deixar de pensar em descenso e voltar a sonhar com a vaga na Série D do Campeonato Brasileiro, o alvinegro já concentra as ações no jogo de amanhã, contra o Cianorte, na região norte do Paraná.

“O nosso trabalho deu certo e conseguimos uma vitória boa em casa, mas temos que continuar trabalhando porque não foi mais do que uma vitória”, disse o volante Batista, que atuou improvisado na lateral-esquerda no lugar do suspenso Alex Cazumba. Diante do ACP, brilharam as estrelas do atacante Reinaldo Mineiro – que fez seu primeiro gol com a camisa do Operário – e de Rone Dias – que marcou de pênalti. Além deles, Maicon Veiga, com um belo gol por cobertura, sacramentaram o triunfo alvinegro no Estádio Germano Krüger.

Sobre o triunfo em casa, que mantém a diferença do Fantasma para a zona de classificação à quarta divisão nacional em 10 pontos, o técnico Paulo Turra elogia o grupo de jogadores, mas destaca que o time ainda não ‘convenceu’ a torcida. “Nós vencemos, mas não posso dizer que nós convencemos. Se eu falar isso o pessoal vai achar que nós somos a Seleção, e não é bem assim. Fizemos um bom jogo na marcação, como tem que ser, e fomos felizes no ataque”, avaliou o técnico alvinegro, que promoveu sete alterações no time em relação ao grupo que perdeu para o Arapongas na quarta-feira passada.

Apesar do triunfo, Turra também deixou claro que ainda não tem uma formação ideal para o Operário jogar ao longo do 2° turno do Paranaense. “A cada jogo temos que trabalhar com determinadas situações. Hoje [domingo] foi uma história, e amanhã será outra. Vamos enfrentar um adversário em uma situação diferente do Paranavaí e fora de casa”, lembra o comandante, que atuou com dois jogadores de meio-campo – Correia e Batista – nas laterais e dois volantes na formação titular de domingo, colocando Sandro e Rone Dias na armação das jogadas da ataque.

Cianorte
Uma das viagens mais longas que o Operário fará no Estadual, a ida para Cianorte está agendada para o meio-dia de hoje no Estádio Germano Krüger. Antes disso, o técnico Paulo Turra fará um treino pela manhã para acertar os últimos detalhes antes do duelo diante do Leão do Vale. Para o jogo no Estádio Albino Turbay, o Fantasma conta com a volta de Alex Cazumba na lateral-esquerda e pode também ter a disposição o lateral-direito Maicon Macedo, que sentiu uma fisgada na coxa no treino de sexta-feira.

RETURNO
Além da classificação acumulada, o Operário também está de olho na classificação do returno, que vale uma vaga na decisão do Estadual. O Fantasma é o 6° colocado no 2° turno com quatro pontos, cinco a menos do que os líderes J. Malucelli e Londrina.

Por Sebastião Machado Neto (19/03/2013).

Uma resposta a JMNews: Goleada para assombrar a crise em Vila Oficinas