O técnico Paulo Turra terá o que se chama no futebol de ‘dor de cabeça boa’ nos próximos três dias. Com cinco jogadores retornando de suspensão, o comandante alvinegro começou nesta quarta-feira a montar o time que vai entrar em campo pela 11ª e última rodada do 2° turno do Campeonato Paranaense, diante do Atlético, às 15h50, no Estádio Germano Krüger. O time treinou em dois períodos e durante a tarde realizou trabalhos em campo reduzido no local da partida de domingo.

Atividade no Estádio Germano Krüger aconteceu na tarde de ontem, em campo reduzido Foto: Fabio Matavelli

Atividade no Estádio Germano Krüger aconteceu na tarde de ontem, em campo reduzido
Foto: Fabio Matavelli

Com isso, Turra não quer dar indicações sobre os titulares que irão a campo diante do Furacão. Voltam ao time, após cumprir suspensão, os laterais Correia e Alex Cazumba, o zagueiro Edimar, o meia Pedrinho e o atacante Maicon Veiga. Por outro lado, o alvinegro não terá a presença do zagueiro Alex Moraes – suspenso – e do goleiro Carlão, que ficará três meses longe do futebol por contusão, para o duelo decisivo em busca da conquista de vaga na Série D do Campeonato Brasileiro.

No trabalho de ontem, que durou pouco mais de uma hora, os jogadores do Fantasma foram divididos em três times. E durante a atividade algumas questões foram deixadas em aberto, como uma possível permanência de Maicon Macedo na lateral-direita e de Cacá no meio-campo. “O professor ainda não definiu nada, mas todo mundo está preparado e posso dizer que quero muito jogar esta partida”, disse Cacá na entrevista coletiva após o treino.

“O Turra sempre nos diz que o time não é só os 11 que jogam, e vimos isso na partida de domingo [contra o Toledo] com a entrada de jogadores como o Basso, o Cacá e o Batista”, destacou o zagueiro Edimar, que deve retornar à zaga operariana ao lado do próprio Basso, que foi titular no Oeste do Estado.

Ingressos
Também começou na tarde de ontem a venda de ingressos – nos pontos de venda habituais – para a partida entre Operário e Atlético. Com três ‘etapas’ diferentes ao longo das vendas, a diretoria alvinegra espera a presença do torcedor para o duelo. Os dois mil primeiros ingressos serão vendidos ao preço de R$ 30 (arquibancada geral) e R$ 50 (arquibancada superior); a partir daí, até sábado, os bilhetes custarão R$ 60 (geral) e R$ 100 (superior). Já no dia partida, os ingressos ficarão ao preço de R$ 80 (geral) e R$ 120 (superior), preço que será praticado para a torcida visitante.

Todavia, o torcedor alvinegro que for com a camisa do clube ou de camisa preta ou branca pagará o meio-ingresso referente à segunda etapa de vendas, ou seja, pagará R$ 30 (geral) ou R$ 50 (superior).

Por Sebastiao Machado Neto (Diário dos Campos – 25/04/2013).

Uma resposta a Diário dos Campos: Um ‘quebra-cabeça’ para domingo