Com cinco desfalques em relação ao time que perdeu para o Nacional, Fantasma remonta time para vencer o Toledo continuar na luta pela vaga na Série D do Campeonato Brasileiro

Alvinegro segue motivado para conquistar os seis pontos nas duas partidas que restam para o time de PG Foto: Fabio Matavelli

Alvinegro segue motivado para conquistar os seis pontos nas duas partidas que restam para o time de PG
Foto: Fabio Matavelli

Neste domingo, o Operário Ferroviário coloca a prova o elenco montado pelo alvinegro para o Campeonato Paranaense 2013. Com cinco desfalques em relação ao time que jogou contra o Nacional na última rodada, o Fantasma encara o Toledo, às 16 horas, na casa do adversário. A partida, válida pela 10ª rodada do 2° turno do Estadual, ainda pode deixar o time de Vila Oficinas na briga pela vaga na Série D do Campeonato Brasileiro. Basta que os comandados de Paulo Turra vençam o Porco no 14 de Dezembro e o J. Malucelli seja derrotado pelo Londrina no Estádio do Café.

“Ficou difícil, mas não impossível. Portanto precisamos fazer a nossa parte e conquistar as duas vitórias nas rodadas que restam. Se o nosso concorrente a vaga vacilar, nós entramos com tudo”, disse o comandante alvinegro. O Operário precisa vencer os dois jogos que restam no Paranaense, e de quebra contar com duas derrotas do Jotinha, para então ultrapassar a equipe do Parque Barigui. E para derrotar a equipe do oeste do Estado, o Fantasma terá a estreia do zagueiro Josias Basso, que teve passagem pelo futebol italiano.

Basso vai substituir Edimar, que foi expulso na derrota do último domingo. Além da mudança na dupla de zaga, as duas laterais terão alterações: Correia e Alex Cazumba, também suspensos, dão lugar a Maicon Macedo e Batista. No meio-campo, a dúvida fica por conta da escalação do volante Jacio – que passou boa parte da semana gripado, enquanto no ataque a baixa é de Maicon Veiga, que levou o terceiro cartão amarelo na semana passada.

“Os jogadores que estão entrando tenho certeza que vão dar conta do recado, até porque temos um elenco bastante qualificando”, ressalta o estreante de logo mais. Mesmo mostrando confiança com os jogadores que estarão em campo neste domingo, Paulo Turra demonstra preocupação com a produção do time. “A gente muda o posicionamento da nossa equipe com os cinco desfalques, então é lógico que a gente perde um pouco de ritmo e entrosamento”, admite.

Por outro lado, ele aproveitou para elogiar a qualidade do elenco alvinegro na entrevista coletiva desta sexta-feira, após o treinamento no Estádio Germano Krüger. “O grupo que o Operário tem é de muita qualidade, claro que vamos ficar restrito em modificações no banco, mas a gente também não é uma Seleção. Trata-se de um clube do interior, que tem suas dificuldades”, destaca o comandante alvinegro. O alvinegro embarcou rumo a Toledo na tarde de ontem, e está concentrado desde a noite deste sábado para a partida diante do Porco.

SUB-15
Jogando no Germano Krüger, o Operário foi goleado pelo Atlético por 6 a 0 em jogo válido pela 2ª rodada do Paranaense sub-15 na manhã deste sábado. O time princesino não conseguiu dificultar a vida do rubro-negro, que já abriu 4 a 0 antes do intervalo. É a segunda derrota do ‘Fantasminha’, que havia perdido para o Renovicente na abertura do torneio.

Por Sebastião Machado Neto (JMNews – 21/04/2013).

Uma resposta a Diário dos Campos: Operário testa força do elenco para seguir vivo