Novo técnico, Paulo Turra cobrou intensidade do Fantasma para vencer o tricampeão Estadual no Couto Pereira, hoje, às 16 horas

Técnico do alvinegro não deu moleza para seus comandados; time sonha com a vaga na Série D Foto: Fábio Matavelli

Técnico do alvinegro não deu moleza para seus comandados; time sonha com a vaga na Série D
Foto: Fábio Matavelli

Motivação, intensidade e mistério. As três palavras foram o resumo da semana do Operário Ferroviário para enfrentar o tricampeão Coritiba neste domingo, às 16 horas, no Couto Pereira. O jogo que abre a campanha do Fantasma de Vila Oficinas no 2° turno do Campeonato Paranaense também vai marcar a estreia do ‘misterioso’ técnico Paulo Turra no comando da equipe, que ao contrário do antecessor Lio Evaristo, guarda o time titular que vai enfrentar o Coxa a sete chaves. “Só vou revelar momentos antes do jogo. É uma das poucas armas que tenho, até porque cheguei nesta semana e preciso dar um pouco de dor de cabeça ao Marquinhos [Santos]”, disse o comandante alvinegro em coletiva nesta sexta-feira.

O único desfalque certo entre os titulares do time de Ponta Grossa é o zagueiro Neguete, que está em fase final de recuperação e não vai atuar diante do alviverde do Alto da Glória. Com isso, Alex Moraes e Edimar devem formar a zaga do Operário na capital. Mas independente das peças, Paulo Turra deixou claro o que quer da equipe alvinegra na tarde de hoje. “Nós vamos ter que ser uma equipe compacta, uma equipe inteligente, e ter a consciência de que estamos em um momento que não é muito bom e que vamos enfrentar simplesmente o campeão e o melhor time do Paraná no momento”, revelou.

Até o time entrar em campo pela primeira vez sob o comando de Turra, o Operário treinou oito vezes, tempo que para o novo comandante não é suficiente para implantar a intensidade desejada por ele ao elenco. “Não deu porque tivemos só essa semana de trabalho. Mas isso não é desculpa, é aquilo que falei na coletiva, não temos o tempo ideal mas quando vim para cá eu sabia disso aqui”, explica. No treino desta sexta, o técnico do Fantasma fez atividades táticas em um coletivo, dando prioridade as bolas paradas ofensivas e defensivas.

Quebra-cabeça
Com exceção da defesa, o Operário de Paulo Turra antes de entrar em campo diante do campeão do 1° turno do Estadual é um verdadeiro quebra-cabeça: o goleiro Silvio, além dos laterais Maicon Macedo e Alex Cazumba, são os únicos confirmados no time além da dupla de zaga. No meio-campo, o técnico tem as opções – ambas testadas nos treinos – de atuar com dois ou três volantes, com a preferência para Batista e Jacio. Na armação de jogadas, o jovem Pedrinho disputa vaga entre os titulares junto com Rone Dias, Sandro e Cacá.

Já no ataque, a tendência é que o Fantasma enfrente o Coxa com dois atacantes. Paulo Sérgio ainda não sabe com quem deve atuar na frente, se ao lado de João Paulo – liberando o ex-Flamengo para se movimentar pelos lados do campo – ou de Maicon Veiga. Todas as possibilidade foram testadas pelo comandante alvinegro ao longo da semana, que em alguns momentos ‘bateu’ o ataque titular contra a defesa principal.

– Ficha Técnica –
CORITIBA: Vanderlei; Patric, Leandro Almeida, Chico (Pereira) e Eltinho; Willian Farias, Djair, Robinho e Alex; Arthur (Rafinha) e Deivid – Técnico: Marquinhos Santos
OPERÁRIO FERROVIÁRIO: Silvio; Maicon Macedo, Alex Moraes, Edimar e Cazumba; Jacio, Batista, Patrick (Cacá) e Rone Dias (Sandro); Paulo Sérgio e Maicon Veiga (João Paulo) – Técnico: Paulo Turra

Arbitragem: Fábio Filipus
Assistentes: Diego Grubba Schitkovski e João Fábio Machado
Data: 10/03 – Estádio: Couto Pereira – Horário: 16 horas
Ingressos: R$ 95 (inteira) e R$ 47,50 (meia)

Por Sebastião Machado Neto (Diário dos Campos – 10/03/2013).

Uma resposta a Diário dos Campos: Operário pronto para surpreender o Coxa