Operário Ferroviário e Londrina protagonizam, às 22 horas da quarta-feira de Cinzas, o grande clássico do futebol do interior paranaense. Alvinegros e alvicelestes tem as maiores torcidas fora da capital do Estado, e brigam diretamente pela vaga na Série D do Campeonato Brasileiro desta temporada. O jogo, que acontece no Estádio Germano Krüger, é válido pela 8ª rodada do Campeonato Paranaense e terá arbitragem de Felipe Gomes da Silva (aspirante ao quadro da Fifa), auxiliado por Rafael Trombeta e Flávio Augusto Alves.

Lio Evaristo terá pouco tempo para montar o time após o jogo contra o 'Jotinha'

Lio Evaristo terá pouco tempo para montar o time após o jogo contra o ‘Jotinha’

Na temporada passada, o duelo foi dominado pelos visitantes: em Ponta Grossa, o Tubarão venceu o Fantasma de Vila Oficinas por 2 a 0, enquanto em Londrina, no 2° turno, foi a vez do time princesino atrapalhar o caminho dos londrinenses, vencendo os celestes no Estádio do Café por 1 a 0, após o gol de Maicon Veiga já nos acréscimos do 2° tempo. Para o jogo após a folia, o técnico Lio Evaristo deve promover o retorno do meia Rone Dias, que passou a última semana em trabalhos físicos, e conta com uma possível volta do goleiro Silvio, que se lesionou no aquecimento do jogo contra o Paraná, na semana passada.

Já no Tubarão, quem deve voltar a equipe é o meia Celsinho, que cumpriu suspensão na partida contra o Atlético no domingo. Por outro lado, a comissão técnica tenta recuperar o volante Germano, que se contundiu no jogo contra o Arapongas e ainda não voltou ao time do norte. Outro que pode pintar na equipe titular do Londrina é o lateral-direito Maicon, que não havia acertado as bases salariais com o clube e a negociação foi concluída apenas nesta semana.

Por Sebastião Neto (Diário dos Campos – 10/02/2013).

Os comentários estão encerrados.