Em Londrina, Operário busca três pontos para seguir vivo na luta pela vaga na Série D do Campeonato Brasileiro; duelo começa às 16 horas de domingo

O clima é aquele que todo jogador gosta de viver: um clássico com 20 mil torcedores na arquibancada e que decide o destino do clube no campeonato. Esta será a atmosfera que o Operário Ferroviário vai encontrar neste domingo, às 16 horas, no Estádio do Café, quando visita o Londrina pela 8ª rodada do 2° turno do Campeonato Paranaense. O Fantasma de Vila Oficinas não tem mais direito de errar no campeonato, e só pensa nos três pontos longe de Ponta Grossa para seguir vivo na disputa pelo título do returno e da vaga na Série D do Campeonato Brasileiro.

Em 4° lugar na classificação do 2° turno, o alvinegro está a sete pontos do Tubarão faltando quatro rodadas para o final da competição. Já na soma das duas fases, que vale como critério para a Série D, o Operário é o 6° colocado e torce contra o J. Malucelli, concorrente direto à vaga, que tem uma diferença de oito pontos sobre o Fantasma. “Acredito que a nossa equipe está em uma crescente, em um bom momento. E precisamos mais do que nunca da vitória para aumentar as nossas chances de título e de vaga na Série D”, avalia o meia Rone Dias.

Em Londrina desde o final da tarde de ontem, o técnico Paulo Turra carrega duas dúvidas na equipe titular alvinegra. A primeira delas é tática, já que o meia Sandro foi poupado dos treinamentos da semana por um problema na costela e não deve atuar contra o alviceleste; com isso, a tendência é que Sidnei entre no time e o Fantasma atue com três volantes. “O Sidnei deve entrar como um marcador, mas sabe jogar. Mesmo assim dá uma tranquilidade um pouco maior para que a gente possa aparecer no ataque”, disse o volante Patrick, um dos ‘elemento-surpresa’ do time princesino.

Já a segunda dúvida é no ataque, porque Paulo Sérgio também ficou em observação pelo departamento médico do clube; por outro lado, o camisa 19 deve ir para o jogo e fazer dupla com Maicon Veiga. Com dois desfalques por suspensão – os laterais Correia e Alex Cazumba, Paulo Turra escalará Maicon Macedo na direita e improvisar o experiente Batista na esquerda. “A entrada do Batista nos dá tranquilidade na defesa, e é uma situação que a gente já trabalhou no jogo contra o Paranavaí e no segundo tempo contra o J. Malucelli”, explica.

Números
A partida de logo mais é, além do principal clássico do interior do Paraná, o duelo do melhor ataque contra a melhor defesa do returno. “Desde que começamos o turno nós temos o melhor ataque, a segunda melhor defesa e o segundo melhor saldo de gols. Mas vamos enfrentar o melhor time do campeonato em números, então temos que ter muita concentração”, avalia Paulo Turra. O Fantasma marcou 14 vezes nas sete partidas do 2° turno, enquanto o Tubarão sofreu apenas três.

LONDRINA
O Tubarão tem quatro desfalques para encarar o Operário neste domingo: o lateral-direito Maicon e o atacante Wéverton tomaram o 3° amarelo contra o Atlético e cumprem suspensão automática. Já o volante Diogo Roque e meia Celsinho tiveram efeito suspensivo negado pelo TJD na quinta-feira e seguem fora de combate.

Apae visita o Germano Krüger
Às vésperas de um jogo importante para o Operário Ferroviário, a rotina de treinamentos mudou na tarde desta sexta-feira. Crianças da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) estiveram no Estádio Germano Krüger e realizaram o sonho de entrar no gramado e bater bola com os jogadores alvinegros. A visita reuniu mais de 40 crianças, que se divertiram com os profissionais do Fantasma.

“Isso é maravilhoso e estimulante. Poder dar alegria a essas crianças é muito gratificante, e isso também nos fortalece como seres humanos”, disse o atacante Paulo Sérgio. Após a brincadeira com os jogadores no campo, as crianças e os professores observaram o início do treino nas arquibancadas. Na sequência, a diretoria do alvinegro presenteou a entidade com uma camisa autografada. (Das assessorias)

– Ficha Técnica –

OPERÁRIO FERROVIÁRIO: Silvio; Maicon Macedo, Alex Moraes, Edimar e Alex Cazumba; Jacio, Patrick, Sidnei (Sandro) e Rone Dias; Maicon Veiga e Paulo Sérgio – Técnico: Paulo Turra
LONDRINA: Danilo; Serginho Paulista, Gilvan, Dirceu e Wendel; Silvio, Bruno, Germano e Robinho; Neílson e Alexandre Oliveira – Técnico: Cláudio Tencati

Arbitragem: Adriano Milczvski
Assistentes: Arestides Pereira da Silva Jr. e Everson de Souza
Estádio: do Café – Data: 07/04 – Horário: 16 horas
Ingressos: R$ 20 (Visitantes)

Por Sebastião Machado Neto (Diário dos campso – 07/04/2013).

Uma resposta a Diário dos Campos: Fantasma e Tubarão medem forças em clássico do interior