Operário faz gol no finalzinho e garante primeiro ponto no returno; técnico Paulo Turra elogia postura do time contra o Coritiba

Foto: Geraldo Bubniak/FutebolParanaense.Net

Foto: Geraldo Bubniak/FutebolParanaense.Net

A intensidade funcionou. Diante de mais de 13 mil coxas-brancas no Estádio Couto Pereira, do time tricampeão paranaense e de quebra campeão do 1° turno do Estadual, o Operário Ferroviário se superou e empatou com o Coritiba em 1 a 1 na abertura do returno do Campeonato Paranaense 2013. Neste domingo, o torcedor alvinegro que foi até Curitiba viu um Fantasma de Vila Oficinas com uma postura diferente: com a cara do técnico Paulo Turra e que ‘ocupou os espaços’ para segurar o time comandando pelo craque Alex.

“Estou muito feliz pelo resultado e pela postura do time. Temos que saber que a gente enfrentou a melhor equipe do Paraná não só neste ano, mas nas últimas quatro temporadas do futebol no Estado”, ressaltou Paulo Turra na entrevista coletiva após o duelo no Alto da Glória. Durante a maior parte dos 90 minutos de futebol, o alvinegro se dedicou na marcação e teve poucas falhas, uma delas aos 18 minutos do 2° tempo, em que Alex tocou com categoria na saída do goleiro Silvio e abriu o placar para o Coxa. O prêmio pela intensidade e a superação do time de Ponta Grossa veio só aos 44, quando Patrick recebeu de Paulo Sérgio e arriscou o chute: o desvio na zaga enganou o goleiro Vanderlei e o Fantasma decretou o placar final no Couto.

Após o duelo, Turra também destacou a humildade do grupo alvinegro, que aos poucos assimila a filosofia de trabalho do gaúcho de 39 anos. “Fizemos uma boa partida frente um grande adversário, porque todos foram humildes e cumpriram bem o que foi determinado. Marcamos bem e tivemos pelo menos três boas chances de marcar”, constatou, lembrando de lances como o de Paulo Sérgio aos 27 minutos da etapa final, quando Vanderlei fez excelente defesa cara a cara com o camisa 18 do Fantasma.

Arapongas
O Operário não terá muito tempo para comemorar o empate diante do único invicto do Estadual até agora. Amanhã, às 20h30, o Fantasma recebe o Arapongas no Estádio Germano Krüger no reencontro de Baiano e do técnico Lio Evaristo com a torcida ponta-grossense. Na tarde de ontem, o time já treinou pensando no duelo diante da equipe do norte, que é confronto direto para o alvinegro: com 13 pontos na classificação acumulada e o 9° lugar, o clube de Vila Oficinas está a sete do 4° colocado J. Malucelli – último classificado à Série D do Campeonato Brasileiro – e três acima da zona de rebaixamento. Por outro lado, o Arapongas é o 7°, com um ponto a mais do que o alvinegro.

Nesta terça-feira, Paulo Turra deve comandar dois treinamentos com o grupo, e de acordo com a assessoria de imprensa do clube, pelo menos um deles deverá ser fechado para a imprensa. Para montar o time, o técnico tem os desfalques do zagueiro Alex Moraes e do meia Cacá, que tomaram o 3° amarelo contra o Coxa. Neguete, que já trabalha com o grupo desde a semana passada, pode retornar ao time, enquanto o meia Pedrinho, que saiu de campo lesionado neste domingo, também não deve ser problema para o jogo de quarta-feira.

Por Sebastião Machado Neto (Diário dos Campos – 12/03/2013).

Uma resposta a Diário dos Campos: Empate com sabor de vitória