Para espantar um princípio de crise, o Operário Ferroviário busca hoje a primeira vitória no estadual diante do Cianorte, às 20h30, no Estádio Germano Krüger; clube baixa ingresso

Na manhã de ontem, o goleiro Silvio fez trabalhos específicos no Joaquim de Paula Xavier Foto: Rodrigo Covolan

Na manhã de ontem, o goleiro Silvio fez trabalhos específicos no Joaquim de Paula Xavier
Foto: Rodrigo Covolan

“Nenhum outro resultado importa. É simplesmente a vitória”. Sempre de poucas palavras, a frase do goleiro Silvio resume o desejo e a importância da primeira vitória para o Operário Ferroviário no Campeonato Paranaense. Hoje, às 20h30, o Fantasma de Vila Oficinas encara o Cianorte no Estádio Germano Krüger pela 4ª rodada do estadual, com a pressão de acabar com a sina de empates que atinge o time no torneio: nos primeiros três jogos (Coritiba em casa, Arapongas e Paranavaí fora), foram três empates conquistados pelo elenco comandado por Lio Evaristo.

Para o jogo desta quarta-feira, o técnico alvinegro fará mudanças e terá novidades no time: entre os titulares, o zagueiro Edimar deve ocupar a vaga do suspenso Alex Moraes, enquanto Jacio, Adoniran e Batista lutam pela vaga entre os volantes ao lado de Sidnei. Outra mudança certa é na lateral-esquerda: Fabinho sequer foi relacionado para o duelo contra os cianortenses, e com isso Alex Cazumba deve fazer seu primeiro jogo com a camisa do Operário entre os titulares.

Já no banco de reservas, o lateral-direito Maicon Macedo (ex-Arapongas) ficará a disposição de Lio Evaristo, enquanto a diretoria seguia na expectativa de que o meia-atacante Sandro fosse confirmado no Boletim Informativo Diário (BID) até o fim do dia de ontem. Caso o registro não fosse efetivado (não foi divulgado no site da CBF até o fechamento desta edição), o jovem atacante Paraguay, destaque da equipe sub-18 do Fantasma no ano passado, ficará no banco de reservas pela primeira vez na temporada 2013.

Na noite de ontem, o time fez o último trabalho antes da partida em Vila Oficinas. A atividade, que aconteceu por volta das 19h30, foi feita justamente para adaptar os jogadores a iluminação do Germano Krüger. A concentração dos 19 relacionados começou às 12 horas de ontem. “O último empate foi um resultado que ninguém esperava. Vamos ver o que o Lio vai nos passar para que a gente corrija os erros e consiga esta primeira vitória”, avalia o camisa 1 do Operário, principal destaque individual do time nas três primeiras rodadas do Paranaense.

Diretoria baixa preço dos ingressos
Em meio a confusão sobre a venda do meio-ingresso para a partida contra o Coritiba, estreia do Operário Ferroviário no Campeonato Paranaense há pouco mais de uma semana, o gerente executivo da LA Sports em Ponta Grossa, Pedro Henrique Poitevin, havia informado que o preço dos ingressos para os jogos do Fantasma contra as equipes do interior do Estado seria de R$ 30 (Arquibancada Geral) e R$ 50 (Arquibancada Superior). Porém, os ingressos para o jogo diante do Cianorte serão ainda menores na ‘Geral’: R$ 20.

Segundo a assessoria de comunicação do clube, a decisão foi tomada pela diretoria nesta segunda-feira. Os pontos de venda antecipada dos ingressos são nas bilheterias do próprio clube, nos Supermercados Tozetto (Jardim Carvalho e Uvaranas), Associação Avante Fantasma (AAFA), Sá Acessórios do Super Muffato (Olarias), além das Lojas Maxitango (Vicente Machado e Shopping Palladium). Em ambos os setores haverá venda de meia-entrada.

FICHA TÉCNICA
OPERÁRIO: Silvio, Correia, Edimar, Neguete e Alex Cazumba; Jacio (Adoniran), Sidnei, Rone Dias e Cacá; João Paulo e Thiago Augusto – Técnico: Lio Evaristo
CIANORTE: Marcelo; Lisa, Alexandre Luz, Alemão e Digão; Cleiton, Jovane, Paulinho e Mineiro; Juliano e Lucas Silva Técnico: Paulo Turra

Arbitragem: Rafael Pedro Feza
Assistentes: Marcelo Pavan e Celso Galvan
Estádio: Germano Krüger – Data: 30/01 – Horário: 20h30
Ingressos: R$ 20 (Arquibancada Geral) e R$ 50 (Arquibancada Superior)

Por Sebastião Neto (Diário dos Campos – 30/01/2013)

Uma resposta a Diário dos Campos: Em casa, só a vitória interessa ao Fantasma