Fora de casa, Fantasma não se intimidou e venceu o Toledo por 2 a 1; triunfo garante Fantasma na decisão do Troféu do Interior e deixa definição da vaga na Série D para a última rodada

Alvinegro viajou com cinco desfalques para o Oeste, mas conseguiu a vitória no 14 de Dezembro Foto: Vinícius Moraes

Alvinegro viajou com cinco desfalques para o Oeste, mas conseguiu a vitória no 14 de Dezembro
Foto: Vinícius Moraes

Mesmo sem seis titulares, o Operário Ferroviário mostrou porque tem um dos elencos mais qualificados do Campeonato Paranaense 2013. Apesar do baque após a derrota inesperada contra o Nacional de Rolândia no Germano Krüger, o Fantasma de Vila Oficinas foi até Toledo e venceu a equipe da casa por 2 a 1, na tarde deste domingo, em partida válida pela 10ª rodada do 2° turno do Estadual. O jogo, realizado no Estádio 14 de Dezembro, deixou o alvinegro de Ponta Grossa vivo na luta pela vaga na Série D do Campeonato Brasileiro.

Além disso, o técnico Paulo Turra e seus comandados celebraram a presença garantida na decisão do Troféu do Interior, oferecido pela emissora que detém os direitos de transmissão do torneio. Já sobre a presença na quarta divisão nacional, a decisão ficou para última rodada do returno, visto que a distância entre Operário e J. Malucelli – que disputam diretamente a vaga – está em dois pontos. Em 6° na classificação acumulada com 30 pontos, o Fantasma precisa vencer o Atlético em casa e torcer para uma derrota do Jotinha, no Janguito Malucelli, contra o próprio Toledo.

“Colocamos o Operário na decisão de um título e estamos sim na briga pelo principal objetivo do clube na temporada: a conquista da vaga na Série D e a garantia de calendário para o 2° semestre”, disse Turra, na entrevista coletiva após a partida no Oeste paranaense. Em campo, o alvinegro saiu na frente sobre o Toledo com o gol de Sandro, logo a um minuto de partida, após chute de fora da área; antes do intervalo, Warlley ajeitou e Safira finalizou para empatar o jogo no 14 de Dezembro. Mas na etapa final, aos 23 minutos, brilhou a estrela de Rone Dias: o camisa 7 alvinegro chutou na trave, a bola bateu nas costas do goleiro Nei e foi para o fundo das redes toledanas.

Com a vitória na bagagem, o técnico princesino aproveitou a coletiva para ratificar a confiança no elenco. “A qualidade do nosso elenco é muito grande. Não reclamamos dos desfalques ao longo da semana porque temos que valorizar quem entra, e que deu conta do recado hoje [domingo]”, ressalta o comandante. Na classificação do 2° turno, o Fantasma subiu para o 4° lugar com 18 pontos, mesma pontuação do 3° colocado Coritiba – o Coxa está na frente do time de Ponta Grossa pelo critério de saldo de gols.

Desfalques
O Operário volta aos trabalhos nesta terça-feira com um desfalque certo para o jogo contra o Atlético, no próximo domingo, em Vila Oficinas: o zagueiro Alex Moraes levou o 3° cartão amarelo contra o Toledo e está fora da partida contra o Furacão. Por outro lado, Correia, Alex Cazumba, Edimar, Maicon Veiga e Pedrinho voltam de suspensão e estarão a disposição de Paulo Turra. Já a situação do goleiro Carlão, que saiu lesionado do jogo de anteontem, ainda não foi confirmada pelo Departamento Médico do clube.

Por Sebastião Machado Neto (Diário dos Campos – 23/04/2013).

Os comentários estão encerrados.