A variação de postura do Operário Ferroviário Esporte Clube (OFEC) durante o jogo contra o Atlético Clube Paranavaí (ACP) preocupa o técnico alvinegro Carlos Paiva.

Segundo ele, quarta-feira o time não pode entrar ‘desligado’ na partida.

“Contra o Atlético é um jogo atípico. Não teremos a mesma oportunidade de reação para correr atrás de um resultado adverso de 2 a 0?. aponta.

O zagueiro, Renato Saldanha, também critica a desatenção da equipe. “Isto está acontecendo desde a pré-temporada. Temos que entrar centrados”.

O técnico do Operário aponta a falta de ritmo dos atletas para o desgaste no final da partida impedindo uma virada que se anunciava. “Acredito que vamos começar a dar o resultado esperado a partir da quinta rodada. Vamos estar bem evoluídos na parte física”, acredita Paiva.

Para o comandante, é importante acumular pontos enquanto a equipe não está 100% para quando atingir este nível já estar no topo da tabela. “Assim, vamos poder arriscar no fim do primeiro turno para chegarmos na frente”.

Por Emmanuel Fornazari (Redação em Campo – 23/1/2012).

Os comentários estão encerrados.