A festa que a cidade de Rio Azul está preparando para a inauguração do estádio local pode acabar em ressaca antes mesmo da bola rolar. Isso por conta de questionamentos a qualidade do gramado por parte das equipes que irão utilizar o campo.

“Segundo o pessoal do Iraty o gramado não está bom não. Vamos ver o que fazemos”, revela o diretor de futebol do Operário Ferroviário Esporte Clube (OFEC), Maurício Barbosa. O dirigente explica que o clube vai avaliar as condições e emitir uma posição oficial na tarde desta terça-feira.

“O Marcelo [Sfeir, gerente de futebol] foi para a Rio Azul ver como está a situação e vai nos repassar depois”, detalha. Se for comprovada a má qualidade do campo, a possibilidade de cancelamento do jogo-treino é bastante grande, mesmo com o evento comemorativo já programado.

“Não podemos expor nossos jogadores. Ainda mais depois do que aconteceu com o Nelinho”, diz, com apreensão, Maurício Barbosa. No último final de semana, na derrota para o Iraty, o zagueiro Nelinho sofreu grave lesão no pé direito.

“Ele acabou rompendo cerca de 80% do tendão de aquiles. Possivelmente está fora [do Campeonato Paranaense]“, lamenta o diretor. Apesar da baixa no elenco, a coordenação de futebol não prevê contratações imediatas para suprir a carência. O técnico, Carlos Paiva, vai apostar em Marcelo e Henrique para o lugar de Nelinho.

Por Emmanuel Fornazari (Redação em Campo – 10/1/2012).

Os comentários estão encerrados.