Na tarde deste domingo, 22, Paranavaí e Operário Ferroviário mediram forças em Apucarana, na rodada de abertura do Campeonato Paranaense 2012. Em um confronto onde o Vermelhinho foi melhor na 1ª etapa e o Fantasma dominou na 2ª, empate: 2×2. Os gols foram marcados por Edenilson (ACP) e Baiano (Operário).

Com um ponto cada, os dois times voltam a campo na próxima quarta-feira, 25, pela 2ª rodada do Paranaense. O Operário recebe o Atlético-PR, às 21h50, enquanto o Paranavaí vai até Londrina encarar o Azulão. O jogo acontece às 20h30.

ACP constrói vantagem no início e administra
Desde o início da partida, o Vermelhinho foi para cima. E contou com a pontaria afiada de Edenilson para abrir vantagem cedo. No primeiro lance claro de gol, aos 5 minutos, Doriva trabalhou a bola pela lateral e bateu cruzado. A bola passou por todos na área, menos por Ed-Gol, que estava no lugar certo na hora certa: 1×0 ACP.

Três minutos mais tarde, Edenilson balançou novamente a rede do Fantasma. Após cobrança de lateral feita por Márcio, o atacante do Paranavaí dominou e arrematou, com êxito: 2×0.

Com o passar do tempo, o Operário equilibrou as ações, aproveitando os buracos na marcação do Vermelhinho. Porém, sem uma mira tão eficiente quanto a do ACP, o Operário não conseguiu diminuir a desvantagem.

Depois de 45 minutos, vantagem do Paranavaí: 2×0.

Fantasma vai para cima e arranca o empate
Se no primeiro tempo, o ACP mandou no jogo, a situação se inverteu na 2ª etapa. Atrás no marcador, o Fantasma foi com tudo e diminuiu a diferença logo aos 7 minutos, com Baiano. Pressionando bastante, o alvinegro de Ponta Grossa colocou o Vermelhinho na roda e partiu para cima.

O empate era só questão de tempo. E foi o que aconteceu, aos 20 minutos. Baiano, novamente, recebeu a bola e arriscou de canhota, rasteiro. O chute, certeiro, foi parar no fundo da rede de Serginho. Tudo igual: 2×2.

O ritmo do Operário diminuiu, mas o domínio permaneceu. O goleiro Serginho fez o que pôde e salvou a equipe mandante de sofrer a virada. Ao final de 90 minutos, o placar acusou a igualdade. 2×0 ACP no 1º tempo. 2×0 Fantasma no 2º. Na soma, 2×2.

FICHA TÉCNICA
PARANAVAI 2X2 OPERÁRIO

Paranavaí: Serginho; Hesdras, Diogo, Victor (Flávio) e João Paulo; Márcio, Ceará, Doriva e Tatico; Edenílson (Marcelo) e Rafael Santos (Arlei).
Técnico: Itamar Bernardes.

Operário: Gabriel; Claudinho (Jéferson), Renato Saldanha, João Paulo e George (Henrique); Zé Leandro, Marcelo, Normando (Marcelinho) e Jocian; Baiano e Ícaro.
Técnico: Carlos Paiva.

Local: Estádio Bom Jesus da Lapa, em Apucarana.
Data/Horário: 22/01/2012, às 17h.
Árbitro: Selmo Pedro dos Anjos Neto.
Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Daniel Cotrim de Carvalho.

Público/Renda: 123 total / R$ 2.205,00
Cartões Amarelos: Tatico, Flávio e Ceará, pelo Paranavaí. Renato Saldanha, pelo Operário.
Gols: Edenilson, aos 5 e 8 minutos do 1º tempo, pelo Paranavaí; Baiano, aos 7 e 23 minutos do 2º tempo, pelo Operário.

Por Emmanuel Fornazari (Redação em Campo – 22/1/2012).

Uma resposta a Redação em Campo: Paranavaí e Operário empatam por 2×2 em jogo marcado por dois tempos distintos