Pela sétima rodada do segundo turno do Paranaense, o Operário perdeu para o Arapongas por 1 a 0 no Germano Krüger, em Ponta Grossa. Com a derrota, o Operário se distância na disputa da vaga pela série D. Já o Arapongas com a vitória, ultrapassa o Cianorte na classificação geral e pula para a terceira colocação com 32 pontos. O Arapongas marcou o gol da vitória aos 24 minutos do 2 tempo com Léo Itaperuna.

Na próxima rodada o Operário irá ao estádio do Café enfrentar o Londrina no domingo (08), às 16h e um pouco mais cedo, as 15h30 o Arapongas receberá o Toledo no estádio dos Pássaros.

Jogo bem movimentado e com belas defesas
O jogo começa bastante equilibrado com ambos os times buscando o gol.  Aos 7 minutos Raul, zagueiro do Arapongas se contunde e Neto Gaúcho entra em seu lugar. Com isso, o Operário começa a dominar o jogo e ganhar o meio de campo, principalmente com o incisivo Patrick.  O primeiro lance de perigo acontece aos 19 minutos, porém para o time do Arapongas.  Maicon cruza e Léo Itaperuna de cabeça acerta a trave.

O Arapongas equilibra a partida e tem mais uma boa chance com Tiago Adan aos 28 minutos. Ele passa por dois marcadores e manda uma bomba, Silvio manda para escanteio.  No entanto no contra ataque é a vez do Fantasma ter uma grande chance. Aos 30 minutos, Baiano perde um gol feito após lançamento de Paulo Foiani. O jogo volta a ter certo equilíbrio com chances das duas equipes. Uma para o Arapongas aos 38 minutos com o perigoso Tiago Adan que desviou o chute e quase abriu o placar.  E outra para o Operário aos 41 minutos com Baiano e com Ceará 43 minutos onde o goleiro Victor fez duas grandes defesas.

Arapongas volta melhor e garante a vitória
No segundo tempo o jogo segue igual com uma boa chance para cada time. Sandro aos 2 minutos do 2 tempo depois de bom chute de fora da área para defesa de Silvio, e Paulo Foiani na cobrança de falta aos 5 minutos do 2 tempo para grande defesa do ótimo goleiro do Arapongas. Quando a equipe do Arapongas era melhor Maiquinho do Operário perde a grande chance de marcar após cruzamento de Marcelinho aos 18 minutos do 2 tempo.

O jogo seguia com a equipe do Arapongas melhor postada em campo e aos 24 minutos do 2 tempo saiu o gol.  Com o placar desfavorável, o Operário até tentava buscar o empate, porém sem sucesso, apenas com bolas levantadas do lateral George.  O Arapongas manteve-se com o time bem postado e esperou o apito final para comemorar a importante vitória em Ponta Grossa.

FICHA TÉCNICA
OPERÁRIO 0 X 1 ARAPONGAS

Arapongas: Victor; Maicon (Cafu), Douglas, Neto Gaúcho (Raul) e Edinho; Luis Mário, Fabinho, Marcos Tora (Edmilson) e Sandro; Tiago Adan e Léo Itaperuna.
Técnico: Paulo Roberto

Operário: Silvio; Correa (Marquinhos), Renato Saldanha, Neguete e George; Zé Leandro (Marcelinho), Paulo Foiani (Marcelo Carvalho), Patrick e Ceará; Maiquinho e Baiano.
Técnico: Lio Evaristo

Local: Estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa.
Data/Horário: 01/04/2012, às 16h.
Árbitro: Antônio Denival de Morais.
Assistentes: José Carlos Dias Passos e Luiz Paulo Galli.

Público/Renda: 3.124 pagantes/ 3.217 total/ R$ 46.460,00
Cartões Amarelo: Baiano para o Operário. Raul, Fabinho, Douglas e Tiago Adan para o Arapongas.
Gols: Léo Itaperuna aos 24 minutos do 2º tempo para o Arapongas.

Por Diogo Cruz (Redação em Campo – 1/4/2012).

2 respostas a Redação em Campo: Operário é surpreendido e perde para o Arapongas em casa