Na noite desta quarta-feira, 22, Operário e Iraty fizeram, pela 10ª rodada do Campeonato Paranaense, um jogo onde nenhum dos lados podia pensar em outro resultado a não ser a vitória. Apesar disso, apresentando um futebol sem muita inspiração e bastante nervoso, Fantasma e Azulão ficaram no 2 a 2 e saíram de campo insatisfeitos.

Com o empate, o Operário chegou aos 8 pontos, ficando na 10ª posição. No próximo domingo, 26, o Fantasma vai até Curitiba encarar o Corinthians Paranaense, às 17h00.

Já o Iraty, que segue na lanterna do estadual com 4 pontos, recebe o Toledo no Estádio Emilio Gomes, também no domingo, às 17h00.

Pouca inspiração marca 1º tempo
Com poucos lances de perigo, Operário e Iraty ficaram no empate. Os donos da casa até começaram melhor, com bom volume de jogo, e chegaram ao gol adversário aos 9 minutos, com Maicon.

Porém, a alegria do Fantasma não durou muito. Aos 15 minutos, Fumaça atordoou a zaga do Operário e deixou tudo igual no Germano Krüger: 1 a 1.

Depois dos gols, o confronto ficou lento. Nervoso, o Fantasma não conseguia fazer valer o mando de campo. Sem qualidade no passe (Zé Leandro estava com o pé descalibrado), o time insistia em jogadas individuais, principalmente com Jocian, que tentava cavar faltas. Patrick, de longe, também arriscava alguns arremates, mas sem sucesso.

O Iraty também não foi bem. Com Rocha apagado, os visitantes só conseguiram chegar bem aos 38 minutos, quando Paraíba perdeu a chance de virar o placar cara a cara com o goleiro Filipe.

Ritmo melhora, mas empate persiste
Na segunda etapa, o Operário foi para cima. Aos 5 minutos, Lenno cabeceou à esquerda do gol defendido por Doni. Aos 6, Thiago Henrique chutou nas mãos do arqueiro. Dois minutos mais tarde, foi a vez de Goiano arriscar e parar novamente em Doni.

Ao Iraty, restava a bola parada com Anderson e os arremates de Fumaça, estreante da noite. Aos 23 minutos, o atacante foi derrubado na área por Saldanha, porém a arbitragem entendeu como um lance normal, e nada foi marcado.

Quatro minutos mais tarde, a estrela de Paraíba brilhou e botou o Iraty na frente do marcador. Em jogada individual, o atleta passou por três defensores e marcou um verdadeiro golaço, virando o placar. Só que a alegria dos visitantes durou pouco. Maicon, um minuto mais tarde, empatou o confronto novamente, após bate-rebate dentro da área: 2 a 2.

No final da partida, o Fantasma até esboçou uma pressão, mas não havia tempo para mais nada. Ao final de 90 minutos, empate em Ponta Grossa.

FICHA TÉCNICA

OPERÁRIO 2X2 IRATY

Operário: Filipe, Jeferson, Renato Saldanha, João Paulo, Wellington, Zé Leandro (Goiano), Patrick, Maicon, Jocian (Henrique), Lenno e Thiago Henrique (George).
Técnico: Lio Evaristo.

Iraty: Doni; Cleiton Santos, Anderson, João Renato e Luiz Henrique; Jessé, Marcelo (Marcondes), Rocha e Cleyton; Fumaça (Quirino) e Paraíba.
Técnico: Edson Paulista.

Local: Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa-PR.
Data/Horário: 22/02/2012, às 20h30.
Árbitro: Leonardo Sígari Zanon.
Assistentes: Marcos Rogério da Silva e Wesley Gomes.

Público/Renda: 730 total/ R$ 10.240,00.
Cartões Amarelos: Zé Leandro e Wellington, pelo Operário. Cleiton Santos, Marcelo e Marcondes, pelo Iraty.
Gols: Maicon, aos 9 minutos do 1º tempo e aos 28 do 2º tempo, pelo Operário. Fumaça, aos 15 minutos do 1º tempo, e Paraíba, aos 27 do 2º tempo, pelo Iraty.

Por Guilherme Mattar (Redação em Campo – 22/2/2012).

Os comentários estão encerrados.