Corinthians Paranaense e Operário ficaram no empate por 2 a 2 na última rodada do primeiro turno do Campeonato Paranaense, em jogo disputado no Eco-Estádio, em Curitiba. Andrezinho aos 14 e André Luiz 28 do 1°tempo marcaram para o Timãozinho, enquanto Ceará, de pênalti aos 36 da 1°etapa e aos 13 da etapa final empatou o jogo para o Fantasma. Com isso, o Corinthians termina o turno em oitavo lugar, com 12 pontos, e o Operário em décimo, com oito pontos conquistados.

Domínio corintiano na primeira etapa
O início de jogo mostrou um Corinthians Paranaense querendo se impor dentro dos seus domínios, tocando melhor a bola e criando oportunidades também no jogo aéreo. E essa melhor atuação se confirmou aos 14 minutos, quando Andrezinho aproveitou um erro de marcação do Operário e bateu canto direito, marcando o primeiro gol do jogo.

O gol desanimou o Fantasma, que não demonstrou reação na partida e viu o adversário dominar o campo de jogo. No entanto, os operiarianos até tentaram depois esboçar uma reação, mas de forma desorganizada. Assim, o Timãozinho não sofreu tanta pressão, e ainda viu o Operário perder um jogador: o zagueiro Renato Saldanha, que após segundo amarelo, foi expulso da partida. Para completar, aos 28 minutos André Luiz bateu cruzado, no meio da área adversária, e ampliou o placar para o Corinthians.

Depois disso, o jogo continuou a favor dos donos da casa, mas o Fantasma viu surgir uma esperança aos 34 minutos. Alex Fraga derrubou dentro da área o atacante Maiquinho, sendo assim um pênalti para o Operário. Cobrança perfeita de Ceará, descontando o placar: 2 a 1. Até o intervalo, o jogo ficou mais equilibrado, mas não houve uma grande reviravolta na partida.

Empate e equilíbrio no segundo tempo
A segunda etapa indicava que o Corinthians voltaria mais prevenido, pois o jogo ainda não estava definido. Mas não foi o que aconteceu; ao mesmo tempo que o time da casa partia para cima, o Operário aproveitava os espaços para atacar, e foi inclusive se organizando mais em campo dessa maneira. E foi criando chances que o Fantasma empatou o jogo, aos 13 minutos, após uma boa jogada de Ceará, que fintou duas vezes e bateu firme para o gol.

O empate motivou a equipe de Ponta Grossa, que soltou mais em campo, criando várias chances, principalmente com Ceará e Maiquinho. Mas o Corinthians ainda era perigoso, com Andrezinho tentando várias oportunidades de desempatar. O jogo ficou totalmente aberto, e as duas equipes perderam gols importantes, sendo que o Fantasma teve uma chance clara com Ceará, após uma bela jogada, que poderia ser um golaço. Os jogadores do Operário mostraram força, jogando com um a menos desde a metade do 1°tempo.

O fim de jogo teve bastante emoção, pois as duas equipes queriam a vitória, e até o apito final não era possível definir o vencedor. As duas equipes sentiram o ritmo de jogo, e estavam muito cansadas. Mesmo assim, o Operário quase ganhou o jogo em várias chances perdidas, e ainda teve tempo do Timãozinho colocar uma pressão no final, mas a partida acabou mesmo em 2 x 2. Méritos para o Operário, que acabou o jogo com nove atletas (1 expulso e outro machucado, mas o time queimou as três trocas) e dois pontos perdidos para o Corinthians Paranaense.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS PARANAENSE 2 X 2 OPERÁRIO

Corinthians Paranaense:Ricardo Vilar; André Luiz, Alex Fraga, Seffrin, Nelsinho (Anderson Rosa); Javier Méndez, Diogo, Araújo (Samuel), Victor Júnior (Rodrigo Hote); Bruno Batata e Andrezinho.
Técnico:Leandro Niehues.

Operário:Filipe; Claudinho (João Paulo), Renato Saldanha, Henrique, Wellington; Goiano (Saimon), Marcelo, Patrick, Ceará; Maiquinho, Ícaro (Leno).
Técnico:Lio Evaristo.

Local: Eco Estádio Janguito Mallucelli, em Curitiba.
Data/Horário: 25/02/2012, às 16h.
Àrbitro: Paulo Roberto Alves Junior.
Assitentes: Marcelo Pavan e Luiz Paulo Galli.

Público/Renda: 239 pagantes/ R$7.035,00.
Cartões Amarelos: João Paulo, Wellington, Maiquinho e Renato Saldanha, pelo Operário.
Cartões Vermelhos: Renato Saldanha, pelo Operário.
Gols: Andrezinho, aos 14 minutos do 1°tempo e André Luiz, aos 28 minutos do 1°tempo, pelo Corinthians-PR; Ceará (pênalti) aos 36 do 1°tempo e aos 13 do 2°tempo, pelo Operário.

Por Paulo Semicek (Redação em Campo – 26/2/2012).

Os comentários estão encerrados.