Comandados de Carlos Paiva tentam afastar as desconfianças que pairam sobre o time de Vila Oficinas depois do mau desempenho no jogo contra o Iraty, no meio de semana

Depois de mostrar um mau futebol diante do Iraty e decepcionar o torcedor que acompanhou o jogo-treino no Germano Kruger, na última quarta-feira, o Operário Ferroviário tem hoje, a chance da redenção diante do Metropolitano, de Blumenau, Santa Catarina. Mas, para isso, além de vencer a equipe adversária, os comandados de Carlos Paiva, terão que mostrar um futebol convincente, que de esperanças à torcida, de que a equipe pode realizar uma boa campanha no Campeonato Paranaense. A partida acontece às 16h no Germano Kruger e a entrada é franca.

Técnico atribuiu o mau desempenho no jogo do meio da semana à má pontaria e intensificou o treinamento de finalizações - Foto: Christopher Eudes

Técnico atribuiu o mau desempenho no jogo do meio da semana à má pontaria e intensificou o treinamento de finalizações - Foto: Christopher Eudes

Apesar de saber, que a torcida não ficou satisfeita com o desempenho e com o futebol apresentado pelo time nos último jogo-treino, o comandante alvinegro, Carlos Paiva, acredita que a equipe se portou bem, mas pecou na hora das finalizações. “Nosso sistema defensivo foi muito bem, nosso goleiro quase não foi exigido nessas duas partidas [os dois jogos-treinos contra o Iraty], mas as chances que nós criamos, não conseguimos aproveitar, por isso depois do jogo [de quarta-feira] intensifiquei o treinamento de finalizações e de bola parada”, relatou o técnico. “Eu sei que o torcedor quer ver gols”, acrescentou.

Por Michael Ferreira (JMNews – 14/1/2012).

Os comentários estão encerrados.