Em sua melhor partida no ano, o Operário não tomou conhecimento e comprovou à torcida que está em ascensão

Atacante Baiano foi o destaque do Operário contra o Rio Branco com três gols marcados - Foto: Christopher Eudes

Atacante Baiano foi o destaque do Operário contra o Rio Branco com três gols marcados - Foto: Christopher Eudes

Terceira vitória seguida. Terceiro jogo sem sofrer gols. Primeira partida com mais de dois tentos a favor. A torcida em êxtase no Estádio Germano Kruger. As quatro sentenças apresentam pontos capitais sobre a exibição do Operário Ferroviário diante do Rio Branco, no domingo (25). A melhor participação do Fantasma na temporada culminou com a aplicação de uma goleada de 4 a 0. Se o jogo do primeiro turno foi o estopim para uma reformulação no elenco e troca de treinador, a partida do returno confirmou a ascensão do alvinegro no Campeonato Paranaense.

Baiano corre para torcida após marcar o segundo gol do Fantasma - Foto: Christopher Eudes

Baiano corre para torcida após marcar o segundo gol do Fantasma - Foto: Christopher Eudes

“Este jogo demonstrou nossa evolução. Nos anteriores [Roma e Toledo] vencemos, mas deixamos espaços. Contra o Rio Branco dominamos a partida inteira”, aponta o atacante Baiano, autor dos três primeiros gols da partida. O quarto foi feio pelo meia Ceará que credita a evolução da equipe as contratações realizadas pela diretoria, com indicação do técnico Lio Evaristo. “Chegaram jogadores experientes. Nós estávamos correndo errado, abrindo o meio de campo. Com o Neguete, William e Paulo Foiani, nós conseguimos acertar as coisas”.

Por Emmanuel Fornazari (JMNews – 27/3/2012).

Uma resposta a JMNews: Fantasma atropela o Rio Branco