Engenheiro da FPF realizou uma vistoria as dependências do Germano Kruger e disse que ainda são necessários alguns ajustes e retificações nos laudos

Na manhã de ontem, o engenheiro da Federação Paranaense de Futebol (FPF), Reginaldo Cordeiro, realizou uma vistoria às dependências do Germano Kruger, do Operário Ferroviário, e disse ter uma boa avaliação do estádio. “Nós tivemos um retorno rápido das melhorias, tanto na área da torcida visitante, quanto na questão da acessibilidade para as pessoas portadoras de necessidades especiais”, relatou o Cordeiro. Apesar disso, o Germano Kruger ainda não foi liberado, para receber jogos do Campeonato Paranaense, já que algumas pendências ainda precisam ser resolvidas.

Engenheiro da FPF realizou vistoria as dependências do Germano Kruger e disse que ainda são necessárias algumas adequaçõe - Foto: Emmanuel Fornazari

Engenheiro da FPF realizou vistoria as dependências do Germano Kruger e disse que ainda são necessárias algumas adequaçõe - Foto: Emmanuel Fornazari

“É evidente que precisa de uns ajustes para acomodação das pessoas com necessidades especiais. Está um pouco irregular a questão da acomodação e da segurança”, pontuou Cordeiro, que exigiu a colocação de balizamento nos locais onde ficarão os cadeirantes. Responsável pelas obras em Vila Oficinas, o engenheiro João Amilton Mendes, contou que já havia funcionários trabalhando para atender as exigências da FPF. “Temos que enviar as fotos mostrando que foi feito”, declarou. Além disso, Reginaldo Cordeiro pediu adequações nos banheiros dos cadeirantes e vedação nos bares.

Por Michael Ferreira (JMNews – 18/1/2012).

Os comentários estão encerrados.