Técnico do Operário faz alterações no time titular e deixa Baiano e Elvis no banco; Thiago Henrique no meio e volta de Grilo são as principais novidades

Operário sofre alterações para a partida de amanhã, e Elvis vai para o banco - Foto: Fábio Matavelli

Operário sofre alterações para a partida de amanhã, e Elvis vai para o banco - Foto: Fábio Matavelli

Para a partida de amanhã contra o Rio Branco, em Paranaguá, o técnico do Operário vai mexer no time titular. Serão pelo menos três alterações do meio campo em diante, com a saída de dois dos jogadores que no início do Paranaense eram referências.

Carlos Henrique Paiva promoveu a entrada de Thiago Henrique, que até o momento pouco espaço teve no elenco alvinegro, além de contar com a volta de Edson Grilo e deslocar Marcelinho para o ataque (contra o Toledo ele havia atuado como improvisado como meia).

Com as mexidas, perdem espaço Elvis e Baiano, que vão para o banco e se transformam em opções. “Fizemos a opção de dar a oportunidade para o Marcelinho, para ele jogar na posição dele. O Baiano foi bem nos dois primeiros jogos, mas na sequência não se saiu tão bem. É uma situação que a gente está tentando criar porque precisa do resultado”, explicou o treinador.

Já a opção de sacar Elvis para promover a entrada de Thiago Henrique é justificada pelo treinador pelas características da partida que acontece no litoral paranaense. “O Thiago já desempenhou essa função em outros clubes, e vai jogar ali (no meio) para dar um pulmão para o time, vai ser um jogo em um campo pesado, muito quente, então precisamos desse gás no meio de campo”, argumentou.

Como novidade no banco de reservas, além de Baiano e Élvis, estará o meia Ceará, que recuperado da cirurgia treinou ontem à tarde (deu um passe para um gol, inclusive) e pode entrar no segundo tempo. “O Ceará é uma aposta, o atleta se comprometeu, então acredito que ele possa ser lançado por 25 a 30 minutos”, adiantou Paiva.

Com as mudanças, Paiva deve levar a campo o Operário no tradicional 4-4-2, sem as variações usadas – sem sucesso – contra o Toledo no meio de semana. A equipe que começa jogando será formada por Gabriel, Jeferson, Renato Saldanha e Wellington Santos; Zé Leandro, Marcelo Carvalho, Edson Grilo e Thiago Henrique; Marcelinho e Ícaro.

Da Redação (Diário dos Campos – 4/2/2012).

2 respostas a Diário dos Campos: Paiva mexe contra o Rio Branco

  • luciano correia disse:

    qe q acontence com esse time;po ? 👿

  • luciano correia disse:

    👿