Correndo o risco de terminar a rodada na zona de rebaixamento, Operário precisa vencer o Arapongas hoje, fora de casa

Ícaro, Ceará e Marcelinho (ao fundo) têm a missão de conduzir a parte ofensiva do Operário hoje - Foto: Rodrigo Covolan

Ícaro, Ceará e Marcelinho (ao fundo) têm a missão de conduzir a parte ofensiva do Operário hoje - Foto: Rodrigo Covolan

Que a situação do Operário no Campeonato Paranaense não é das melhores, já não chega a ser novidade. Por conta disso, uma vitória hoje, diante o Arapongas, fora de casa, é essencial para o clube ponta-grossense não atingir a zona do rebaixamento.

Um revés hoje seria o quarto seguido, e com quatro pontos, o alvinegro pode terminar a sétima rodada na penúltima colocação. Temendo por um cenário ainda mais caótico, o técnico Lio Evaristo intensificou o discurso motivador para o jogo que inicia às 17 horas de hoje.

“O time está tranquilo, sem desespero, os jogadores já começaram a entender o que estou passando, e têm que acreditar que podemos reagir”, comentou Lio. O técnico, no entanto, adota seu bom humor característico para negar que seu time esteja ganhando ‘ a sua cara’. Não vou fugir das características dos jogadores. A minha cara é muito feia”, brinca. “Eu é que tenho que montar o time de acordo com o que tenho”, complementa.

Lio Evaristo chegou ao Operário com a missão de reerguer o alvinegro, em um primeiro momento, gostou do que viu, apesar da derrota para o Cianorte, acreditou que a equipe fez uma boa partida e que pode evoluir.

Hoje, Lio irá reencontrar o time em que esteve até o meio do ano passado. No Arapongas, o atual treinador alvinegro ganhou status de ídolo, já que comandou a equipe do norte do estado de volta à elite estadual, e no ano passado por pouco não conseguiu uma das vagas na Série D do Campeonato Brasileiro. “É um bom time, que tem a força da torcida, com bons jogadores e com o Darío Pereyra fazendo um bom trabalho, mas temos que acreditar no nosso potencial também”, enaltece Lio.

O Arapongas é o quinto colocado no Campeonato Paranaense, com 13 pontos somados e apenas uma derrota até agora. No Estádio dos Pássaros, palco do confronto de hoje, o alviverde está invicto.

MUDANÇAS
Para o jogo de hoje, Lio Evaristo promoveu uma série de alterações no time titular. Uma das novidades é o meia Ceará, que começa jogando. O Operário inicia a partida com Filipe, Jeferson, Renato Saldanha, João Paulo e George; Marcelo Carvalho, Patric, Ceará, Marcelinho; Ícaro e Baiano.

Da Redação (Diário dos Campos – 12/2/2012).

Os comentários estão encerrados.