Depois de somar a terceira vitória seguida, números comprovam evolução do alvinegro, que pode subir na classificação e até mesmo alcançar a primeira colocação na próxima rodada

Em alta, Operário tem melhora ofensiva com Baiano artilheiro e defesa sem ser vazada há três rodadas - Foto: Rodrigo Covolan

Em alta, Operário tem melhora ofensiva com Baiano artilheiro e defesa sem ser vazada há três rodadas - Foto: Rodrigo Covolan

A série de três vitórias seguidas e boa fase que o Operário atravessa no segundo turno já faz o alvinegro sonhar com a liderança do segundo turno do Campeonato Paranaense. O time ponta-grossense foi a 12 pontos, três a menos que o líder Londrina e mesma quantia que o segundo colocado Coritiba.

Porém, pesa a favor da equipe treinada por Lio Evaristo o fato de na próxima rodada os dois primeiros colocados se enfrentarem amanhã, no Couto Pereira. Se conseguir um quarto triunfo seguido, o Operário inevitavelmente sobe na tabela, podendo, em caso de vitória alviverde, acumular a liderança com as duas equipes.

A vitória em casa no último domingo não apenas põe o time de Vila Oficinas na briga pela primeira colocação, mas comprova uma curva ascendente que o alvinegro encara neste segundo turno.

Com exceção da goleada sofrida na abertura da segunda metade do Estadual, o Operário soma números expressivos. São 12 pontos somados, dez gols anotados e apenas um (descontando os cinco da derrota para o Atlético) sofrido.

Números contrastantes com os apresentados no primeiro turno. O time ponta-grossense teve um início de Estadual sofrível, lutando para fugir da zona do rebaixamento, somando apenas nove pontos – a terceira pior campanha da primeira parte – e apenas duas vitórias. O ataque no primeiro turno marcou 15 gols, marca próxima já de ser superada nas próximas rodadas dos segundo turno.

A defesa também demonstra uma evolução. Nos primeiros onze jogos do Estadual foram 22 gols sofridos, média de dois por partida, enquanto que até agora a média é de 1,2. Para exemplificar a melhora do setor defensivo, a equipe de Vila Oficinas está sem ser vazada há três rodadas, enquanto que no primeiro turno o time sofreu gols em todos os jogos que disputou.

O bom momento da campanha alvinegra ainda é marcado pelo atacante Baiano, autor de três gols na vitória do último domingo (o outro foi anotado por Ceará), e que agora divide a liderança do Paranaense com Henrique, do Cianorte.

Por Sebastião Neto (Diário dos Campos – 27/3/2012).

Uma resposta a Diário dos Campos: Operário já pensa na liderança do Paranaense