Alvinegro estreia hoje no Campeonato Paranaense e dá início à temporada mais importante de sua história

Operário, de João Paulo, um dos remanescentes do ano passado, inicia o desafio no Paranaense em seu ano de centenário - Foto: Fabio Matavelli

Operário, de João Paulo, um dos remanescentes do ano passado, inicia o desafio no Paranaense em seu ano de centenário - Foto: Fabio Matavelli

Às 17 horas de hoje, começa, oficialmente, o ano mais importante para o Operário Ferroviário. O alvinegro inicia sua campanha no Campeonato Paranaense contra o Paranavaí, no Bom Jesus da Lapa, em Apucarana, na temporada que reúne vários elementos que aumentam a expectativa em torno do alvinegro.

O primeiro deles é o fato do clube de Vila Oficinas completar cem anos de fundação em 2012. Para o ano festivo a direção do clube fez planos audaciosos, incluindo, sonhar com o título. O segundo fator é que pela primeira vez o Operário terá de conciliar duas competições ao mesmo tempo, já que este ano tem uma inédita participação na Copa do Brasil.

Tanta importância não chega a assustar. Pelo menos é o que garante o presidente Carlos Roberto Iurk. “Tudo que tinha que ser feito, foi feito. Agora é com eles (os jogadores). Fizemos nosso trabalho, tudo dentro de um planejamento. Agora se vai acontecer como sonhamos, só depois vamos saber. A resposta depende de uma série de coisas”, diz.

Da Redação (Diário dos Campos – 22/1/2012).

2 respostas a Diário dos Campos: O ano do Operário

  • Reginaldo Penteado disse:

    Esse time vai chegar entres os 4 do paraná.
    Todo fica agora vai e nunca vai.
    boa sorte para o fantasma da vila.

  • Pingback: Diário dos Campos: O ano do Operário