Ceará ficou de fora durante as primeiras cinco partida do Operário, ainda se recuperando de lesão. E o meia, que começou jogando no último domingo, vai ficar fora de dois dos três próximos compromissos no Campeonato Paranaense.

A ausência do camisa 10 é justificada pelo fato dele ter como empresário Sérgio Malucelli. Se amanhã o alvinegro enfrenta o Londrina, na outra semana – após encarar o Coritiba, fora, no domingo – pega o Iraty, dois times administrados por Malucelli. Embora o jogador tenha um vínculo oficial somente com o ‘Azulão’, a direção alvinegra já adiantou que não poderá contar com Ceará nos dois compromissos.

Sem poder contar com Ceará, Lio Evaristo ainda estuda qual formação deve adotar no meio de campo. A tendência é que ele escale Zé Leandro, Marcelo Carvalho e mantenha Patrick e recue Marcelinho.

Da Redação (Diário dos Campos – 14/2/2012).

Os comentários estão encerrados.