Com o gramado alto no Estádio Olímpico Regional, em Cascavel, a Serpente Tricolor e o Operário de Ponta Grossa entraram em campo na noite de hoje (19), pela 2ª rodada do estadual. A partida começou bem agitada com escanteio para o Operário. O atacante Mateus não teve seu nome aprovado no BID e não pode entrar em campo.

Primeiro tempo a favor do Operário
Aos sete o capitão Cambará abre o placar do jogo para o Operário. Após o gol, o Fantasma fica mais defensivo. Aos 13, Ivan faz defesa milagrosa para o Operário. E continua fazendo várias defesas não dando chance para a equipe da Serpente.

No meio do primeiro tempo havia um vazio na zaga do Fantasma. Aos 31 minutos, Cambará chuta no canto esquerdo e o goleiro Veloso defende.

Tita leva cartão amarelo após cometer falta sobre o Operário. Para finalizar o primeiro tempo Fabio Budá bate mal e perde gol.

Cascavel atacando muito no segundo tempo
Logo aos 3 minutos o Cascavel sofre falta. Waltinho recebe cartão amarelo e João Renato disperdiça chutando por cima do gol. Aos 5, há contra-ataque do Operário e Veloso defende. Logo em seguida faz outra defesa em Fabio Budá, que cabeçeia.

Aos 20 minutos sai o atacante Kalil para a entrada do jogador Kinho, do Cascavel. Outra alteração é a saída de Rafael e entra Wellington na Serpente.

Aos 25, Ivan faz grande defesa e o Cascavel continua atacando. Dez minutos depois faz outra defesa seguida de contra-ataque do Operário onde Veloso espalma a bola. Aos 37 minutos Cambará cai e o juíz não da a falta. Ele sai para a entrada de Lucas. O Operário ainda fica desfalcado no finalzinho, quando aos 43 Waltinho faz a falta e leva cartão vermelho.

Fim de jogo agitado. Operário pressiona na defesa, querendo manter o bom resultado. Nos 4 minutos de acréscimos são cobradas mais três faltas e o jogo encerra com a vitória do Operário.

FICHA TÉCNICA

CASCAVEL 0 X 1 OPERÁRIO
Cascavel: Veloso, Rafael (Wellington), Rodrigo, João Renato, Sidiclei, Tita, Irineu, Kim, Clênio, Jean Carlo, Kalil (Kinho).
Técnico: José Guedes.

Operário: Ivan, Lisa, Waltinho, João Paulo, Zé Leandro, Gilson, Cambará (Lucas P), Serginho Paulista, Hevandro, Fabio Buda e Rilber .
Técnico: Amilton Oliveira.

Local: Estádio Olímpico Regional.
Data/Horário: 19/01/2011, às 20h30.
Árbitro: Fábio Filipus.
Assistentes: João Fábio Machado Brischiliari e Édina Alves Batista.

Público/Renda: 666 pagantes / R$ 4.610,00.
Cartões Amarelos: Tita, pelo Cascavel
Cartão Vermelho: Waltinho, pelo Operário.
Gols: Cambará aos sete minutos do primeiro tempo para o Operário.

Por Jéssica D. Netto (Redação em Campo – 20/1/2011).

Os comentários estão encerrados.