Na tarde de hoje (1), na capital paranaense, o Corinthians-PR recebeu o aniversariante Operário, no Ecoestádio Janguito Malucelli. Para os donos da casa uma partida apenas para cumprir tabela, já para o Fantasma uma vitória o colocaria na Copa do Brasil em 2012. Com um jogo de pouco volume de ambas equipes no primeiro tempo e com uma pressão do Timãozinho maior no segundo, o Fantasma alcançou seus objetivos com uma vitória por 2 a 1. E assim, o Operário se garante na Final do Interior do Paranaense 2011 e está na Copa do Brasil no ano que vem.

Foto: Jornal Hoje - Ailton Santos

Foto: Jornal Hoje - Ailton Santos

Pouca marcação e gols para os dois lados
O Operário não começa muito bem, não se acertando muito na marcação e posicionamento deixando o Corinthians Paranaense ter mais iniciativa pelo lado direito do campo. Ainda nos primeiros 10 minutos, o Operário teve uma boa oportunidade de abrir o placar. Num chute de Alisson, o goleiro Elton espalmou na volta o ataque do Fantasma quase finalizou. Na resposta, Willian passou por Serginho Catarinense tocou pra Cícero que chutou, mas Ivan bem posicionado tirou da área.

Com o passar do tempo, o Operário não melhorava a marcação, principalmente no meio campo, com isso Cícero conseguia distribuir as jogadas para o Corinthians Paranaense faltando apenas a finalização.

Aos 25 minutos, a melhor oportunidade de abrir para o Timãozinho. Tiago recebeu na altura da meia lua, deixou para Rodrigo Hote que bateu com perigo. A bola passou a direita do gol de Ivan.

Apesar das dificuldades o Operário saiu na frente aos 28 minutos quando numa reposição de bola, Ivan jogou para Ceará que cruzou para área, Osmar fez um corta luz deixando para Lisa que tocou na saída do goleiro Elton Leite. Corinthians-PR 0 x 1 Operário. Com o gol, o Operário conseguiu mais espaço pra jogar, e em pelo menos duas oportunidades com Ícaro perdeu chance de ampliar. Porém, o empate do Corinthians estava mais próximo.

Já aos 40 minutos, num cruzamento de Evandro, Rodrigo Hote praticamente no chão cabeceou e quase marcou, Ivan jogou pra escanteio. E já nos acréscimos em cobrança de falta perto da grande área, Tiago Henrique tocou de cabeça, e sobrou para Leandro marcar o empate. Final do 1º tempo e tudo igual no Ecoestádio Janguito Malucelli.

Menor volume de jogo, mas Operário garante vitória
Diferente da primeira etapa, que começou meio desorganizada para o Operário, o segundo tempo é mais objetivo. Com apenas cinco minutos de jogo, a equipe conseguiu ampliar a vantagem. Em cobrança de escanteio de Serginho Catarinense, Osmar de cabeça mandou pro fundo das redes, sem chance de defesa para Elton Leite. Corinthians- PR 1 x 2 Operário.

Aos 16 minutos, Ivan livrou o gol de empate do Timãozinho. Num chute a queima roupa o goleiro espalmou pra esquerda e o árbitro sinalizou falta de ataque do Timãozinho.

Com o recuo do Fantasma, o técnico Luciano Gusso resolveu tirar Cícero e colocar Andrezinho, jogando o Timãozinho mais a frente. E a mudança começou a surtir efeitos. O Corinthians Paranaense passou a investir mais, criando diversas oportunidades de empate. Já o Operário, se posicionando cada vez mais recuado, diminuiu muito o volume de jogo.

Porém, com belas defesas do goleiro Ivan, o Timãozinho não conseguiu alcançar o empate. Para a alegria da torcida do Fantasma, no dia do aniversário do clube – 99 anos- além da Final do Interior no Paranaense 2011, o Operário conquista também uma vaga na Copa do Brasil em 2012. Final no Ecoestádio Janguito Malucelli, em Curitiba. Corinthians Paranaense 1 x 2 Operário.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS-PR 1 X 2 OPERÁRIO

Corinthians-PR: Elton; Evandro, Thiago, Elpidio (Léo), Leandro; Digão, Thiago Henrique (Adriano Gabiru), Cícero (Andrezinho) e Willian, Rodrigo Hote e Renan.
Técnico: Luciano Gusso.

Operário: Ivan; Lisa, Alisson, Vinícius e Rodolfo; Zé Leandro (Edson Grilo), Serginho Paulista, Serginho Catarinense e Ceará; Ícaro (Lucas) e Osmar (André).
Técnico: Amilton Oliveira.

Local: Eco Estádio Janguito Malucelli, em Curitiba.
Data/Hora: 01/05/2011, às 15h30.
Árbitro: Ronaldo Parpinelli.
Assistentes: Maurício José Braga e Alessandro Rodrigues Mori.

Público/Renda: pagante 241/ total 316 / R$ 5.100,00.
Cartão amarelo: Tiago Henrique pelo Corinthians Paranaense. Ícaro pelo Operário.
Gols: Lisa aos 28 minutos do 1º tempo para o Operário e Leandro aos 46 minutos do 1º tempo para o Corinthians. Osmar aos 5 minutos do 2º tempo para o Operário.

Por Fábia Ioscote (Redação em Campo – 1/5/2011).

Os comentários estão encerrados.