‘Titulares’ do Operário ficam no empate em 0 a 0 com Iraty em jogo treino realizado na tarde de ontem; técnico mudou equipe para o segundo tempo e partida terminou 1 a 0 para o Azulão

O Operário avaliou de maneira positiva o jogo treino contra o Iraty, realizado na tarde de ontem, no Estádio Emílio Gomes, em Irati. Com os titulares, o time do técnico Amilton Oliveira manteve a igualdade em 0 a 0 contra os donos da casa na etapa inicial – que mesclou os atletas titulares nos dois períodos até como preparação para o amistoso contra o Flamengo, no fim de semana – e ainda pode testar todo o elenco no segundo tempo – quando terminou 1 a 0 para o Azulão.

Foto: Goleiro Ivan começou a partida contra o Iraty e depois acompanhou no banco os companheiros

Goleiro Ivan começou a partida contra o Iraty e depois acompanhou no banco os companheiros

Na etapa inicial, os jogadores considerados titulares até o momento – até em virtude das novas contratações em andamento – entraram em campo e num jogo bastante disputado, com alternância de ataques entre as equipes, ficaram na igualdade. O primeiro tempo ficou no 0 a 0 com o Operário entrando em campo com os seguintes atletas: o goleiro Ivan, os laterais Lisa (direita) e Gilson (esquerda), os zagueiros Vinicius e André tiveram a companhia do volante Zé Leandro – que atuou como um terceiro zagueiro também apoiando a marcação. O meio de campo teve o volante Cambará com os armadores Edson Grilo e Palhinha. O ataque foi formado por Diego Martins – que se machucou – e Hevandro.

Com poucos dias para a estreia – dia 16 de janeiro contra o Coritiba em Ponta Grossa –, o treinador Amilton Oliveira cobrou bastante dos atletas e depois, como já programado, mudou completamente a equipe que voltou para o segundo tempo – com destaque para as entradas de jogadores como Matheus e Fábio Budas, além de Fernando Mineiro, que trabalhou com Oliveira no Atlético Paranaense.

“Foi um jogo normal. Uma boa avaliação, mas sabemos que o teste de fogo será no domingo contra o Cerro Portenõ”, finalizou Tico, observador técnico do Fantasma.

Por Alexandre Costa (Net Esporte Clube – 5/1/2011).

Os comentários estão encerrados.